Exportação de açúcar do Brasil sobe 10% em novembro, maior volume em 3 anos

O País é o maior produtor e exportador global e deve ter safra recorde em 2023

2 de dezembro de 2023 às 18h30

img
Crédito: REUTERS/Jorge Silva

São Paulo – As exportações de açúcar do Brasil somaram 3,68 milhões de toneladas em novembro, crescimento de 10% na comparação com o mesmo período do ano passado, à medida que o maior produtor e exportador global escoa a produção de uma safra que deve ser recorde em 2023, segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) publicados nesta sexta-feira.

O volume exportado supera por pouco a melhor marca registrada até então neste ano, em agosto, cuja exportação foi revisada para 3,63 milhões de toneladas.

A marca registrada em novembro configura-se como a mais alta para o açúcar desde outubro de 2020 (3,95 milhões de toneladas), segundo dados da Secex.

O total embarcado também mostra crescimento importante na comparação com outubro, quando o país embarcou cerca de 2,9 milhões de toneladas de açúcar.

Já a exportação de café verde do Brasil em novembro somou 234,7 mil toneladas, ou 3,9 milhões de sacas de 60 kg, com avanço em relação ao mesmo período do ano passado (216,4 mil toneladas), mas queda ante outubro, quando atingiu o maior volume mensal em quase três anos, acima de 4 milhões de sacas.

Já a exportação de soja dobrou para 5,20 milhões de toneladas, ante o mesmo mês do ano passado, enquanto a de milho atingiu 7,41 milhões de toneladas, avanço de quase 26%, com os embarques das duas commodities se beneficiando de safras recordes em 2023 e da firme demanda externa.

Tags:
Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

Siga-nos nas redes sociais

Comentários

    Receba novidades no seu e-mail

    Ao preencher e enviar o formulário, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.

    Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

    Siga-nos nas redes sociais

    Fique por dentro!
    Cadastre-se e receba os nossos principais conteúdos por e-mail