País registra recorde de abertura de novos mercados para exportação

A expansão alcançou três continentes, beneficiando países como Botsuana, na África; Estados Unidos e México, na América, além de Filipinas e Paquistão, na Ásia

1 de fevereiro de 2024 às 21h43

img
Crédito: Divulgação/ABS Brasil

O mês de janeiro foi marcado por grandes avanços em acordos comerciais, impulsionando a exportação de uma variedade ampliada de produtos do agronegócio brasileiro. De acordo com balanço divulgado pela Secretaria de Comércio e Relações Internacionais do Ministério da Agricultura e Pecuária (SCRI/Mapa), o ano de 2024 já registrou a abertura de nove novos mercados em cinco países diferentes.

A expansão alcançou três continentes, beneficiando países como Botsuana, na África; Estados Unidos e México, na América, além de Filipinas e Paquistão, na Ásia. A diversidade de produtos agora aptos à exportação inclui embriões e sêmen bovino, alevinos de tilápia, gelatina, colágeno, bovinos vivos e produtos do setor de reciclagem animal.

Janeiro deste ano estabeleceu mais um recorde de aberturas de mercados nos últimos cinco anos. No ano passado todo, com a marca histórica de 78 novos mercados em 39 países, o mês de janeiro havia registrado cinco. Ou seja, houve um crescimento de quase 100%, com o número atual de nove novos mercados abertos para as exportações do agro do Brasil.

A expansão de mercados internacionais tem sido um fator importante no crescimento das exportações brasileiras. No ano de 2023, o agronegócio desempenhou um papel primordial, representando 49% do total das exportações do país. A receita gerada pelo setor alcançou a marca de US$ 166,55 bilhões, registrando um aumento de US$ 7,68 bilhões, ou 4,8%, em comparação com o ano anterior. (Com informações do Mapa)

Tags:
Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

Siga-nos nas redes sociais

Comentários

    Receba novidades no seu e-mail

    Ao preencher e enviar o formulário, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.

    Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

    Siga-nos nas redes sociais

    Fique por dentro!
    Cadastre-se e receba os nossos principais conteúdos por e-mail