Doação de sementes de feijão para municípios castigados pela seca deve gerar R$ 240 mi em renda

A distribuição, que começou no dia 17 de janeiro, foi finalizada nesta segunda-feira (29), com doações a 254 municípios mineiros

30 de janeiro de 2024 às 13h24

img
Crédito: Divulgação/Emater-MG

A seca de 2023 deixou milhares de famílias que trabalham com a agricultura em situação de emergência em algumas localidades do país. Para ajudar as mais de 12 mil famílias de agricultores familiares atingidas no Estado, o Governo de Minas, por meio de parceria com a Empresa de Assistência e Extensão Rural de Minas Gerais (Emater-MG), promoveu ação que doou sacas de semente de feijão.

A distribuição, que começou no dia 17 de janeiro, foi finalizada nesta segunda-feira (29), com doações a 254 municípios, das regiões Norte, Noroeste, Central e nos vales do Jequitinhonha, Mucuri e Rio Doce.

A estimativa é que sejam gerados R$ 240 milhões com a venda do feijão, garantindo renda aos agricultores familiares beneficiados. Considerando o feijão a um preço de R$ 8,00/quilo, cada família poderá obter R$ 20 mil, comercializando 2,5 mil quilos da produção e utilizando outros 500 quilos para consumo, replantio e distribuição. 

As últimas sacas foram entregues em Paracatu, no Noroeste de Minas, durante uma reunião entre diretores da Emater-MG, prefeitos e lideranças da região. Os pacotes foram direcionados para as prefeituras de cada município, que, a partir dos próprios levantamentos, redirecionaram os recursos.

O presidente da Emater-MG, Otávio Maia, explica que os grãos de feijão foram escolhidos devido ao tempo do ciclo da cultura, que é de aproximadamente 75 dias, o que é o ideal para as famílias que vêm sofrendo com a seca desde o último ano. 

“Cada família recebe um pacote com 10 quilos de sementes e poderá colher cerca de 600 quilos de feijão, na primeira safra. Este feijão poderá ser replantado e gerar um círculo virtuoso, não só garantindo a segurança alimentar, mas também a geração de renda, com a venda do produto colhido”, diz o presidente.

Além de impulsionar a geração de renda para os agricultores nos municípios com a entrega, técnicos da Emater-MG ainda auxiliam com dicas sobre o tempo de plantio, que deve ser feito entre fevereiro e março. 

Entregas das sementes foram realizadas ainda em janeiro para permitir plantio imediato | Crédito: Divulgação/Emater-MG

Dona Idete Ramos Walquer, do município de Teófilo Otoni, no Vale do Mucuri, conta com alegria que tinha muitos produtores esperando pela doação. “As terras já estão prontas. Muitos querem plantar, mas não têm como comprar a semente. Vai ser importante para todos”, afirmou.

Outro produtor, Rui de Albuquerque, de São João da Lagoa, no Norte de Minas, diz que, com o retorno das chuvas, espera uma boa colheita de feijão para amenizar os prejuízos do ano passado. “Foi uma das mais cruéis secas dos últimos tempos. Foi muito sofrido. Quem plantou, perdeu. Agora estamos contando com esta chuva para dar uma nova esperança para o povo da nossa região”.

Como ocorreu a seleção dos municípios contemplados

Os municípios beneficiados foram selecionados conforme a situação de cada um deles, identificada em um levantamento feito pela equipe técnica da Emater-MG. Grande parte das prefeituras decretou estado de emergência devido à longa estiagem. 

Para definir a quantidade de sementes doada a cada município, a Emater-MG fez um cálculo que considerou o número de agricultores familiares nas localidades, o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e a quantidade de sacos disponíveis para esta ação emergencial. 

Para facilitar a logística, a Emater-MG realizou reuniões de entregas em cidades que serviram de base para que cada prefeitura pudesse buscar os sacos de sementes. 

*Estagiária sob supervisão da edição

Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

Siga-nos nas redes sociais

Comentários

    Receba novidades no seu e-mail

    Ao preencher e enviar o formulário, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.

    Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

    Siga-nos nas redes sociais

    Fique por dentro!
    Cadastre-se e receba os nossos principais conteúdos por e-mail