Aegea vence leilão de saneamento de Governador Valadares

Ao todo, quatro grupos submeteram propostas para participar da licitação, que é considerada a maior do Brasil em 2023 na área de saneamento

30 de novembro de 2023 às 12h46

img
Crédito: lucasnishimoto/Adobe Stock

A  Aegea – líder no setor privado de saneamento básico no Brasil – representada pela Necton Investimentos, venceu a concessão dos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário de Governador Valadares, na região do Rio Doce. A proposta de outorga fixa apresentada pela empresa foi de R$ 385 milhões, significando, assim, um ágio de 726% sobre o valor de referência, que era de R$ 46,6 milhões.

Ao todo, quatro grupos submeteram propostas para participar da licitação, que é considerada a maior do Brasil em 2023 na área de saneamento. O leilão visa a concessão do sistema por um período de 30 anos. O arremate ocorreu nesta quinta-feira, 30 de novembro, na B3, que é a Bolsa de Valores de São Paulo.

O projeto, modelado pelo Grupo Houer, prevê investimentos de R$ 1,3 bilhões, com estimativas de benefícios indiretos que podem alcançar R$ 3,1 bilhões, considerando melhorias em áreas como saúde, renda, turismo, arrecadação de impostos e valorização imobiliária na cidade.

Saneamento é fundamental para o desenvolvimento de Governador Valadares

O prefeito de Governador Valadares, André Merlo (PSDB), ressaltou a importância da concessão. “É preciso, realmente, resolver o problema de saneamento de Governador Valadares. Até hoje, na cidade de quase 300 mil habitantes não temos esgoto tratado. Isso é inaceitável para uma cidade que é polo, que quer se desenvolver. Depois da cidade ser incluída na área da Sudene, muitas empresas, inclusive internacionais, estão chegando. Temos empresas locais investindo e ampliando e com 0% de esgoto tratado”.

Ainda segundo Merlo, a concessão dos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário é importante já que as empresas públicas não têm condições de investir. 

“Estamos cuidando do saneamento básico da nossa cidade e queremos levar, talvez, para o Estado de Minas essa solução. Isso, porque, infelizmente, o setor público não tem capacidade de investimento para resolver esses problemas. Hoje, com a concessão, nós demos um passo firme rumo ao desenvolvimento de Governador Valadares e região”.

Tags:
Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

Siga-nos nas redes sociais

Comentários

    Receba novidades no seu e-mail

    Ao preencher e enviar o formulário, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.

    Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

    Siga-nos nas redes sociais

    Fique por dentro!
    Cadastre-se e receba os nossos principais conteúdos por e-mail