Avaliado em R$ 300 mi, projeto em Nova Lima quer deixar legado

Complexo que será construído em Nova Lima, onde funcionaram as minas Velho e Grande, pretende ser referência para outras recuperações de mina

6 de setembro de 2023 às 0h30

img
Complexo terá centros culturais, comerciais, educacionais e de serviços, além de áreas verdes e moradias, entre outros espaços | Créddito: AngloGold Ashanti/Divulgação

Deixar um importante legado para a população e para a mineração. Este é o propósito da construção do Nova Vila, projeto da AngloGold Ashanti e da construtora Concreto, que pretende ressignificar uma antiga área industrial da mineradora no município de Nova Lima, na Grande BH, transformando-a em um complexo multiúso. A estimativa é de que o empreendimento, avaliado em R$ 300 milhões – incluindo o valor do terreno –, seja desenvolvido ao longo dos próximos quatro anos.

Antecipado pelo DIÁRIO DO COMÉRCIO, o Nova Vila será construído no local onde funcionaram as atividades da Mina Velha e Mina Grande, utilizadas para fins de exploração mineral entre 1834 e 2003. No terreno, que tem mais de 260 mil metros quadrados, estarão reunidos centros culturais, comerciais, educacionais e de serviços. Também se encontrarão áreas verdes, moradias, espaços para prática de esportes e de convivência para os nova-limenses.

O projeto prevê ainda a revitalização de mais de 19,6 mil m² de estruturas históricas, além do desenvolvimento de uma nova via de dois quilômetros de extensão e de uma ciclovia, que pretende melhorar a mobilidade urbana no centro de Nova Lima. A estimativa é que sejam gerados 350 empregos temporários diretos e 600 indiretos. E nos primeiros três anos de operação, a expectativa é que mais de 260 postos de trabalho sejam criados permanentemente.

Projeto em Nova Lima passa a integrar portfólio do Invest Minas

Atualmente, o Nova Vila está em processo de licenciamento junto aos órgãos de patrimônio e ambientais. Nessa terça-feira (5), o projeto passou a fazer parte do portfólio da Agência de Promoção de Investimento e Comércio Exterior de Minas Gerais (Invest Minas), após o governo do Estado assinar um protocolo de intenções com a AngloGold e a Concreto. Esse acordo pode acelerar as etapas de aprovação, conforme o vice-governador professor Mateus Simões (Novo).

O vice-chefe do Executivo estadual participou da solenidade de celebração do instrumento firmado, realizada no Centro de Memória da AngloGold, em Nova Lima. Durante o evento, ele ressaltou a importância do investimento, que entrega uma utilidade às pessoas em um local que estava fechado há quase 20 anos. Segundo Simões, a iniciativa vai beneficiar, por exemplo, a logística da cidade, com a criação de uma ligação direta da entrada do município com o centro.

Ele também destacou que esse projeto de recuperação de mina será uma referência para outros que possam vir pela frente. “Temos inúmeras minas no Estado, algumas delas dentro dos municípios, como é o caso dessa, mas todas com algum tipo de problema no momento do fechamento, quando o que sobra é só a cava. E temos que ter condição de transformar essas cavas em riqueza para a cidade novamente, porque a cidade continua”, ressaltou. 

O diretor de Sustentabilidade e Assuntos Corporativos da AngloGold, Othon Maia, também ressaltou no encontro que o Nova Vila representa um marco para a mineradora e para o setor da mineração. “Esse é o projeto de fechamento de mina com o maior legado positivo já realizado em nosso País. Não existe nenhum projeto como esse em nenhum lugar do Brasil”, destacou. 

Já o diretor da Concreto, Miguel Safar Filho, disse que o Nova Vila não apenas transformará Nova Lima, mas dignificará a história dos trabalhadores e das pessoas que tiveram suas vidas entrelaçadas com a história da AngloGold, da mina e da mineração. “Ele (Nova Vila) vai proporcionar melhor condição de vida, oportunidades econômicas em um ambiente mais sustentável para todos os cidadãos. Estamos construindo um legado que vai perdurar por décadas”, afirmou.

Tags:
Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

Siga-nos nas redes sociais

Comentários

    Receba novidades no seu e-mail

    Ao preencher e enviar o formulário, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.

    Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

    Siga-nos nas redes sociais

    Fique por dentro!
    Cadastre-se e receba os nossos principais conteúdos por e-mail