Belo Horizonte tem maior Carnaval para Bares e Restaurantes

Setor terá alta no faturamento de até 15%; cidade vai contar com mais de 500 cortejos

24 de janeiro de 2024 às 5h15

img
Crédito: Divulgação

O melhor Carnaval de todos os tempos. Esse é o pulso de grande parte dos comerciantes do setor de bares e restaurantes quando o assunto é aumento do faturamento e das vendas durante a festa momesca. Senão a melhor, com certeza, essa será a maior folia da história de Belo Horizonte.

A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes Seccional Minas Gerais (Abrasel-MG) projeta aumento do faturamento entre 10% e 15%, em uma curva ascendente na história do festival, desde a retomada da tradição dos blocos de rua.

A Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) investe R$ 35 milhões na folia. Segundo a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), a expectativa de movimentação financeira na cidade é de R$ 1 bilhão e a estimativa de geração de postos de trabalho vai chegar a mais de 20 mil novas posições, entre diretas e indiretas.

A presidente da Abrasel-MG, Karla Rocha, chama a atenção para o fato de Belo Horizonte ser hoje o terceiro destino mais procurado no Brasil, durante o Carnaval. “A festa se firma, ano a ano, de forma muito sólida, com a cadeia produtiva se estruturando e agregando vários setores”, garante. Ela credita o sucesso da folia belo-horizontina à possibilidade de se oferecer várias experiências ao consumidor.

Sucesso do Carnaval se deve à diversidade de experiências

“Enquanto no Rio a festa gira em torno das escolas de samba; em Salvador, do trio e por aí vai, aqui em BH você pode ouvir todos os sons no ritmo de carnaval, desde música da Bahia, anos 80, sertanejo, pagode. É isso que encanta”, pontua.

Para não perder a oportunidade de surfar nessa onda, a presidente da Abrasel-MG aponta duas situações: “o empresário dentro da rota carnavalesca deve optar por elaborar um cardápio mais enxuto, reduzir opções para atender o folião de forma mais eficiente, bem como poder atender mais pessoas e assim aumentar seu volume de vendas”.

Já quem tem o negócio comprometido por uma rua fechada pode se tornar ambulante. Segundo Rocha, há previsão de credenciamento de 17 mil pessoas junto à PBH para venda de bebidas enlatadas, no Carnaval de Belo Horizonte.

Bares de Belo Horizontes adotam diferentes estratégias no Carnaval

Proprietário do Botequim Sapucaí, da Panorama Pizzaria, ambos na rua Sapucaí e do restaurante Babel, na Praça Raul Soares, Alfredo Lanna acompanha desde 2017 o crescimento e em 2024 ele espera que não seja diferente. “Aumentamos a equipe em pelo menos 30% nas três casas e vamos abrir mais cedo”, adianta.

A estratégia do empreendedor é diferente. Ele pretende ser um ponto de conforto para quem está acompanhando os blocos, em Belo Horizonte. Um local para o folião beber e comer com tranquilidade, em seus bares e restaurantes. “Só acho que a segurança pública poderia ter um diálogo mais próximo com o setor. Vejo essa abertura das demais entidades, como PBH e isso é primordial, tanto para o turista continuar a vir como para o belo-horizontino também manter a frequência”, acrescenta.

Os sócios Marco Antônio Lopes e Thales Barboza, proprietários do Bar Ideal e do Elis Bar, no Buritis, adotaram a venda de abadás, com bloco e apresentação da Banda Fala Comigo, na terça-feira, às13h. “É uma forma de a pessoa ter segurança, acesso aos pratos, bebidas e à folia ao mesmo tempo”, justifica Lopes. Ele prevê um aumento no faturamento da ordem de 30%. Em 2023, eram esperadas 3 mil pessoas no bloco e 11 mil foliões inundaram as ruas do Buritis atrás do trio dos empreendedores.

Já o dono do Redentor pensou um modelo mais parecido com camarote. Ele irá cercar a área do estabelecimento, na esquina das ruas Fernandes Tourinho com Sergipe, no coração da Savassi, e os inúmeros blocos vão passar pelo local.

“Os clientes poderão brincar a folia, mas comer e beber com todo conforto dentro da casa”, completa. Um cardápio especial de caipifrutas e pratos foi criado e a expectativa é de aumento de 20% do faturamento na sexta, sábado e domingo de Carnaval e 80% na segunda e terça-feira, quando a base de comparação com dias normais é inferior. “Sem dúvida será o melhor Carnaval de todos os tempos. E estamos trabalhando para isso”, reforça.

Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

Siga-nos nas redes sociais

Comentários

    Receba novidades no seu e-mail

    Ao preencher e enviar o formulário, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.

    Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

    Siga-nos nas redes sociais

    Fique por dentro!
    Cadastre-se e receba os nossos principais conteúdos por e-mail