COTAÇÃO DE 23 A 25/10/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,6270

VENDA: R$5,6270

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,6730

VENDA: R$5,8030

EURO

COMPRA: R$5,6730

VENDA: R$5,6750

OURO NY

U$1.792,47

OURO BM&F (g)

R$327,87 (g)

BOVESPA

-1,34

POUPANÇA

0,3575%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Economia Negócios

BH ganha escola de futebol oficial da Inter

COMPARTILHE

Marcelo Bernardo: modelo de negócios é o de licenciamento, sem pagamento de taxas ou royalties | Crédito: Divulgação
Marcelo Bernardo: modelo de negócios é o de licenciamento, sem pagamento de taxas ou royalties | Crédito: Divulgação

Máquina de sonhos e de dinheiro, o futebol segue como uma paixão planetária. O relatório  “O Impacto do Futebol Brasileiro”, idealizado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e realizado pela consultoria EY, em 2019, apontou que o futebol movimenta R$ 52,9 bilhões na economia do País, o que representa 0,72% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro, mostrando que R$ 37,8 milhões são de efeitos indiretos.

Um levantamento feito ao fim do campeonato nacional de futebol do mesmo ano, com base nos dados dos 16 maiores clubes nacionais, o mercado do futebol no País movimentou R$ 6,8 bilhões, um valor quase 18% maior do que o registrado em 2018 (R$ 5,7 bilhões). 

PUBLICIDADE

De olho em uma oportunidade de negócios que vai muito além das arquibancadas, a Inter de Milão, clube italiano, mira no Brasil com suas escolinhas de futebol. A Inter Academy Brazil já tem mais de 50 unidades espalhadas pelo País e foca em Minas Gerais para fazer crescer a rede. Após a inauguração da primeira unidade na Capital – região da Pampulha – a meta é ter 40 escolas no Estado até o fim de 2022.

De acordo com o diretor executivo da Inter Academy Brazil, Marcelo Bernardo, o modelo de negócios é o de licenciamento, sem pagamento de taxas ou royalties. O investimento de R$ 20 mil é realizado em equipamentos. A marca oferece treinamento em gestão e metodologias do clube italiano. A receita vinda das matrículas fica com o parceiro local e a Academy ganha sobre a venda de produtos oficiais e experiências com a marca Inter de Milão.

“Como o Estado é muito grande e com clubes que estão tornando suas marcas importantes, a capacidade de abertura é muito interessante, fugindo do clubismo regional. O Atlético, por exemplo, no lançamento do seu fan token, vendeu em 120 países em apenas nove minutos, sinalizando um grande mercado. O esporte é um grande propulsor de negócios e a Inter é um dos maiores clubes do mundo. Nosso projeto é um suporte ponta a ponta para o parceiro: do plano de negócios ao dia a dia da operação. O parceiro regional só investe o básico no material da academia. Indicamos o negócio para cidades acima de 100 mil habitantes, mas existem casos de cidades menores com renda per capita que comportam uma escola”, explica Bernardo.

O projeto é focado na formação completa do jovem como cidadão e não apenas como esportista. A ideia é utilizar o futebol na formação de meninos e meninas. No caso do surgimento de um grande talento ele pode ser indicado para clubes brasileiros.

A possibilidade de um adolescente conquistar uma bolsa de estudos dentro ou fora do Brasil por meio do esporte encanta o gestor.

“Claro que a parceria possibilita a chance de fazer conexões com o mundo do futebol internacional, mas esse não é o nosso principal objetivo. Não somos agentes esportivos. Podemos indicar para clubes daqui e, claro, vamos continuar acompanhando esse jovem. No futuro ele pode interessar à Inter e aí podemos facilitar o contato, mas essa é apenas uma possibilidade, não é esse o nosso produto. A ideia de que um jovem atleta pode ter a vida acadêmica facilitada é muito mais próxima para ambos os sexos. Um dos nossos desejos é ajudar, em especial, as meninas a praticarem o futebol, modalidade que tem recebido fortes investimentos da Inter”, frisa o empresário.

Fonte importante de receita para o licenciado e a marca é a venda de produtos autorizados. O lugar pode oferecer produtos oficiais e licenciados, exibindo marcas como Nike e Lenovo, por exemplo. Outro destaque são as experiências.

“Milão hoje é a principal porta de entrada da Europa. É uma cidade com oportunidades incríveis para todo tipo de turista. Estamos formatando viagens exclusivas, diferentes dos pacotes tradicionais para explorar a região em parceria com a Inter, envolvendo toda a família, inclusive aqueles que se interessam um pouco menos por futebol”, destaca o diretor executivo da Inter Academy Brazil.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!