Concessões de empréstimos no Brasil fecham 2023 com alta de 4,7%

Estoque total de crédito teve em dezembro avanço de 1,4%, a R$ 5,783 trilhões

6 de fevereiro de 2024 às 11h33

img
Crédito: Adobe Stock

São Paulo- As concessões de empréstimos no Brasil encerraram 2023 com avanço de 4,7% em relação ao ano anterior, depois de um salto de 7,8% em dezembro, informou o Banco Central nesta terça-feira.

Os dados do BC mostraram ainda que o estoque total de crédito teve em dezembro avanço de 1,4%, a R$ 5,783 trilhões , fechando o ano passado com alta de 7,9% e desacelerando ante a variação de 14,5% de 2022.

No mês, as concessões de financiamentos com recursos livres, nos quais as condições dos empréstimos são livremente negociadas entre bancos e tomadores, subiram 8,2% em relação a novembro, registrando alta de 4,2% em 2023.

Para as operações com recursos direcionados, que atendem a parâmetros estabelecidos pelo governo, houve avanço de 4,3% no último mês do ano, marcando uma alta de 8,9% em 2023.

Em dezembro, a inadimplência no segmento de recursos livres ficou em 4,7%, contra 4,8% no mês anterior.

Já as taxas bancárias médias caíram em dezembro. Os juros cobrados pelas instituições financeiras no crédito livre ficaram em 40,8%, um recuo de 1,1 ponto percentual em relação ao mês anterior. Nos recursos direcionados, houve queda de 0,4 ponto no mês, a 10,1%.

O spread bancário, diferença entre o custo de captação dos bancos e a taxa final cobrada do cliente, caiu para 30,2 pontos percentuais nos recursos livres, contra 30,9 pontos no mês anterior.

Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

Siga-nos nas redes sociais

Comentários

    Receba novidades no seu e-mail

    Ao preencher e enviar o formulário, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.

    Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

    Siga-nos nas redes sociais

    Fique por dentro!
    Cadastre-se e receba os nossos principais conteúdos por e-mail