E-commerce prevê faturar R$ 3,15 bilhões com Black Friday em 2019

11 de novembro de 2019 às 15h48

img
Crédito: Pixabay

Com a proximidade da Black Friday as expectativas de vendas são positivas, apesar do momento de crise econômica no País. De acordo com pesquisa do Busca Descontos a data deve movimentar R$ 3,15 bilhões no e-commerce brasileiro, o que representa um crescimento de 21% em relação ao total faturado no ano passado.

Para os varejistas e clientes, a Black Friday já é uma das datas mais esperadas do ano. O diretor de marketing e sócio do Bling, Sidney Zynger,  separou uma lista de ações fundamentais para os empreendedores aproveitaram o período da melhor forma.

Organize seu estoque

Antes de anunciar promoções de Black Friday, organize o estoque do seu e-commerce. Conte todos os produtos e confira se as quantidades estão corretas. Desta forma, você evita vender produtos que já estão esgotados ou deixar mercadorias encalhadas no seu estoque.

Além disso, o momento de organização do estoque vai te ajudar a identificar, por exemplo, aqueles produtos que tiveram vendas abaixo do previsto. Assim, é possível pensar em uma promoção para dar vazão a eles na Black Friday.

Identidade visual

Faça com que o cliente se sinta no clima da Black Friday. Crie uma identidade visual única e atrativa para a data e a implemente em todos os canais de relacionamento com o cliente, como e-commerce, apps, e-mails, redes sociais e pontos de atendimento físico. Especificamente para o e-commerce, capriche no “look and fell”, com um novo template ou landing page personalizado.

Planeje a logística reversa

De acordo com o Código do Consumidor, os clientes têm até 7 dias após o recebimento dos produtos para se arrepender da compra. Como na Black Friday o número de pedidos deve aumentar – e você deve vender para novos clientes, a probabilidade de que haja trocas aumenta.

Portanto, você deve estar preparado para receber os produtos devolvidos e enviar os novos. Este processo é chamado de logística reversa e tanto os próprios Correios oferecem serviços específicos para esses casos.

Reduza custos de logística e fretes

Ao negociar a compra de uma mercadoria, leve em consideração não somente o preço do produto, mas também do seu frete, que poderá encarecer todo o negócio. Buscar parceiros para a realização da entrega dos produtos é uma boa saída para economizar na logística e diminuir o tempo de frete.

Invista em gestão de negócios acessível para e-commerce

É cada vez mais comum que pequenos empresários gerenciem negócio por meio de um software integrado capaz de controlar os mais diversos setores, como emissão de boletos, estoque, financeiro, vendas, e-commerce, etc. Entretanto, os serviços de sistema de gestão empresarial (ERP) oferecidos no mercado ainda estão muito caros para a maioria dos PMEs e MEIs.

Pensando nisso, o Bling disponibiliza serviços e ferramentas de ERP de forma mais acessível para pequenos lojistas. A empresa está integrada às maiores plataformas de e-commerce e marketplaces do país é totalmente online e conta com um sistema frente de caixa (PDV) que atende as necessidades dos clientes, como agilidade no processo de atendimento ao cliente, configurável para controlar mesas e gerenciar a entrada e saída de caixa.

Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

Siga-nos nas redes sociais

Comentários

    Receba novidades no seu e-mail

    Ao preencher e enviar o formulário, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.

    Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

    Siga-nos nas redes sociais

    Fique por dentro!
    Cadastre-se e receba os nossos principais conteúdos por e-mail