Fiemg lidera missão empresarial em Dubai

12 de novembro de 2021 às 0h29

img
Expo Dubai terá um espaço dedicado ao Estado entre os dias 17 e 25 de novembro com a realização da Exposição “Minas Gerais” no pavilhão Brasil | Crédito: Reprodução / Facebook

Uma missão com empresários brasileiros desembarcou em Dubai para ter acesso ao que há de melhor e mais avançado em inovação e projetos sustentáveis. Liderados pela Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg), eles participam, entre 12 e 20 de novembro, da Expo Dubai, exposição universal que segue até março de 2022, nos Emirados Árabes Unidos. 

“É uma oportunidade para ver o que está acontecendo na vanguarda do mundo em termos de inovação tecnológica e sustentabilidade e poder conectar essas soluções com a nossa indústria. Os industriais mineiros vão poder se atualizar em seus respectivos setores, fazer negócios, além de levar uma parte da nossa cultura ao evento”, informou o presidente da Fiemg, Flávio Roscoe.

O evento tem três vertentes: sustentabilidade, mobilidade e oportunidade. O pavilhão Brasil, na Expo Dubai, tem uma área de 3,7 mil m². O País está inserido na vertente sustentabilidade e mostrará ao mundo a diversidade e seus potenciais agrícolas, industriais e tecnológicos.

“O Brasil tem muitas iniciativas de vanguarda em vários setores, mas, infelizmente, não têm sido devidamente mostradas lá fora. São diversos segmentos da indústria e do setor agropecuário com emissões negativas de carbono, por exemplo, entre outras iniciativas e ações que representam ótimos modelos de sustentabilidade e tecnologia para o mundo. Essa divulgação dos nossos potenciais, certamente, vai gerar mais segurança aos investidores e, consequentemente, trazer mais investimentos para o nosso País”, destacou o presidente do Centro Industrial e Empresarial de Minas Gerais (Ciemg), Fábio Sacioto, que também integra a missão brasileira.

Entre os vários compromissos na Expo Dubai, empresários brasileiros terão a oportunidade de realizar grandes experiências em tecnologia e soluções verdes, entre elas, visitar a Masdar City, cidade localizada no meio do deserto, que promete ser a mais sustentável do mundo. Masdar City realiza diversas ações com o objetivo de tornar-se neutra em emissão de CO2. 

Arte: Divulgação/Fiemg
Arte: Divulgação/Fiemg

Minas Gerais e nióbio em Dubai

Um dos espaços no pavilhão Brasil da Expo Dubai será dedicado ao Estado. A Exposição “Minas Gerais” apresentará, entre 17 e 25 de novembro, as forças, as riquezas e como o Estado trabalha para construir um futuro de desenvolvimento sustentável. No espaço, representantes mineiros levarão um pouco da história local, a cultura e a culinária, assim como produtos e serviços com visão do futuro.

Mas um dos principais destaques mineiros na exposição dos Emirados Árabes, e também a “menina dos olhos” de todos os países quando o assunto é sustentabilidade, é o nióbio. O elemento possibilita a concepção de materiais avançados para a construção de cidades mais inteligentes, da infraestrutura à geração de energia.

“Minas Gerais é o maior produtor mundial de nióbio, que é um grande aliado para a inovação e competitividade das indústrias. Identificar novos parceiros e tecnologias nessa área é de ampla importância para o nosso segmento”, observou o presidente da Fiemg, Flávio Roscoe.

Representantes da mineira CBMM, líder mundial da produção de nióbio, estarão na missão brasileira em Dubai. O objetivo é compartilhar as mais recentes evidências da companhia ligadas à desmaterialização no setor de infraestrutura e à eletrificação, com tecnologias de nióbio, para baterias de íons de lítio.

“Temos diversos exemplos de construções icônicas com nióbio ao redor do mundo, como a ponte de Millau, a mais alta do mundo, localizada na França, ou a ponte Zandhazen, a mais longa da Europa, localizada nos Países Baixos. Em Pequim, na China, o edifício Zun Tower, um dos mais altos do planeta, com 528 metros, é duas vezes mais resistente a abalos sísmicos do que um prédio convencional graças à utilização de aço microligado ao nióbio em sua estrutura”, explicou o  gerente de desenvolvimento de mercado da CBMM, Leonardo Silvestre.

Já na frente de mobilidade elétrica, a CBMM tem mais de 40 projetos em parceria com universidades, institutos de pesquisa e empresas ao redor do mundo para o desenvolvimento de baterias de íons de lítio com nióbio. “Essas baterias contam com características exclusivas de recarga ultrarrápida, em menos de dez minutos; mais estabilidade, com menor risco de explosão; e maior vida útil”, destacou o gerente de produtos de baterias da companhia, Rogério Ribas.

A Expo Dubai teve início no dia 1º de outubro e terá duração até 31 de março de 2022. O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), e o governador de Minas, Romeu Zema (Novo), também têm agenda prevista na exposição mundial.

Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

Siga-nos nas redes sociais

Comentários

    Receba novidades no seu e-mail

    Ao preencher e enviar o formulário, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.

    Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

    Siga-nos nas redes sociais

    Fique por dentro!
    Cadastre-se e receba os nossos principais conteúdos por e-mail