Komatsu anuncia investimentos de 2024 para sede em Contagem

Previsão de início da operação é no final de 2025

30 de janeiro de 2024 às 5h14

img
Lançamento da pedra fundamental foi feito por Guilherme Santos, presidente e CEO da Komatsu Brasil International, e prefeita | Crédito: Janine Moraes/PMC

A Komatsu lançou nesta segunda-feira (29) a pedra fundamental para construção de sua nova sede em Contagem. A empresa de maquinário pesado de origem japonesa fará um investimento total de R$ 120 milhões, sendo R$ 80 milhões aportados neste ano. A previsão é que a nova sede entre em operação no final de 2025 e transfira 750 colaboradores do grupo para a cidade. O projeto de construção permite que as instalações dobrem de tamanho caso seja necessário para a empresa.

A cidade de Contagem tem conseguido atrair novas empresas e convencido outras companhias a rever seus planos de mudança para outros estados, como São Paulo. A Metta Equipamentos Elétricos e a Boston Scientific cogitaram mudar suas instalações para o estado paulista, mas decidiram permanecer na cidade. Agora, pensam em expandir seus empreendimentos na região.

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, René Vilela, comenta que o município reúne várias características favoráveis aos investimentos de empresas já instaladas em Contagem ou que vão se mudar para a cidade, como a Komatsu. A localização na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), questões de infraestrutura, logística, e de qualificação profissional, como Sistema S e universidades, fazem do centro urbano vizinho da Capital ter uma posição privilegiada para o mercado. “Essas empresas encontram aqui disponibilidade de trabalhadores, qualificação, uma cadeia de serviços qualificada. Contagem reúne uma série de atributos, próprios dela ou da RMBH, que tornam o município muito interessante”, declara.

Ele comenta que o desafio da gestão da prefeita Marília Campos (PT) é a desburocratização para avançar na automação dos processos e de licenciamentos para as empresas que queiram se instalar ou expandir seus empreendimentos na cidade. “Toda a empresa tem todo um suporte e um diálogo com a administração direta do governo (municipal) para operar. O momento é excelente para Contagem e isso nos dá mais motivação para intensificar os esforços”, completa.

Komatsu pode dobrar capacidade da sede de Contagem

O diretor de Meio Ambiente, Segurança e Saúde (ESH) e Facilities da Divisão de Equipamentos de Mineração da Komatsu, Fernando Coradi, explica que os investimentos na nova sede em Contagem visam não somente a mudança, mas a possibilidade de expansão no futuro. Todas as áreas do projeto foram planejadas para poder dobrar a capacidade, caso o crescimento da empresa aponte para essa necessidade. O terreno escolhido tem capacidade para dobrar a instalação. Tudo dependerá do desempenho econômico da empresa.

“Para ter um crescimento sustentável, nós precisamos monitorar o mercado nos próximos anos, fechar novos negócios, voltar para dentro de casa, entender a capacidade da instalação construída e , assim, projetar como serão os próximos cinco, 10 anos. Primeiro, precisamos sentir como o mercado vai reagir com essa nova instalação”, explica Coradi.

O diretor enfatiza a sustentabilidade o caminho a ser percorrido pela empresa nipo-brasileira com sua nova sede. “É uma unidade que já nasce com uma carga de trabalho de acordo com os equipamentos que nós vendemos para os clientes. Representa a possibilidade de fornecer aos nossos clientes uma instalação melhor de atendimento. Mais moderna, mais eficaz, e com um padrão de segurança acima do mercado nacional e quem sabe até do internacional”, finaliza.

Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

Siga-nos nas redes sociais

Comentários

    Receba novidades no seu e-mail

    Ao preencher e enviar o formulário, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.

    Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

    Siga-nos nas redes sociais

    Fique por dentro!
    Cadastre-se e receba os nossos principais conteúdos por e-mail