COTAÇÃO DE 14/05/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,2710

VENDA: R$5,2710

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,2700

VENDA: R$5,4330

EURO

COMPRA: R$6,3961

VENDA: R$6,3990

OURO NY

U$1.843,90

OURO BM&F (g)

R$311,62 (g)

BOVESPA

+0,97

POUPANÇA

0,2019%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Economia

Montadora Iveco anuncia a contratação de 478 operários em Sete Lagoas

COMPARTILHE

Crédito: Divulgação/Iveco
Crédito: Divulgação/Iveco

A Iveco – subsidiária da CNH Industrial – anunciou a contratação de 478 trabalhadores temporários para o complexo industrial de Sete Lagoas, na região Central do Estado, em vistas de atender o crescimento do mercado. Em outubro do ano passado a montadora já havia admitido 272 funcionários para reforçar as linhas de produção de veículos comerciais da unidade, totalizando, assim, 750 vagas nos últimos cinco meses.

O diretor-geral da Iveco América do Sul, Márcio Querichelli, contou que os investimentos preparam a fabricante para os desafios deste ano, considerando o aumento da demanda por caminhões, principalmente nos segmentos de varejo, agronegócio e vocacionais.

PUBLICIDADE

“Nosso time está pronto para manter a Iveco em alta e as contratações são necessárias para atendermos o crescimento do mercado. Esse é o resultado do novo momento da montadora no País, consolidando fortes investimentos e a renovação de seu line-up nos últimos anos”, afirmou.

A companhia atravessa um bom momento no setor de transportes do País e continua enxergando boas perspectivas para 2021. No ano passado, enquanto a venda de caminhões no Brasil caiu 11%, a Iveco apresentou um incremento de 30% em relação a 2019, segundo dados da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).

Em termos de emplacamentos, o crescimento foi de 25,6% na mesma base de comparação, conforme dados da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). Ao todo foram 9.064 emplacamentos de comerciais leves, caminhões e ônibus da marca em 2020. Em 2019 o número havia sido de 7.212.

Histórico – Vale destacar que o complexo industrial de Sete Lagoas completou 20 anos no fim do ano passado. Inaugurada em 2000, a fábrica foi planejada a partir dos conceitos do World Class Manufacturing (WCM), um dos mais elevados padrões de qualidade da indústria global para o gerenciamento integrado de fábricas e produção, e tem como destaque o Centro de Desenvolvimento de Produto (CDP), que reúne especialistas de diversas áreas com o objetivo de desenvolver novas tecnologias e produtos que proporcionam mais produtividade para o operador com eficiência energética.

Na unidade, a montadora iniciou a produção de veículos leves, depois expandiu para veículos médios e pesados, chassis para ônibus e, em 2013, inaugurou a unidade de veículos de defesa. O portfólio atual conta com produtos das linhas Daily, Tector, Hi-Road e Hi-Way. No transporte de passageiros se destacam a Daily Minibus e os chassis 10-190 e 170S28. No segmento de defesa a marca produz o blindado Guarani.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

CONTEÚDO RELACIONADO

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!