Indústria pet está otimista com o desempenho em 2023

A Abinpet estima que o segmento de Pet Food será o maior responsável pelo faturamento da indústria pet nacional

21 de agosto de 2023 às 20h18

img
Em 2021, o setor pet brasileiro gerou 2,83 milhões de empregos | Crédito: Adobe Stock

Enquanto a projeção do Instituto Pet Brasil (IPB) é que mercado pet brasileiro alcance R$ 67,4 bilhões de faturamento neste ano, a Associação Brasileira de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet) espera que a indústria brasileira de produtos para animais de estimação encerre 2023 com faturamento de até R$ 46,42 bilhões. Caso se confirme, o resultado ficará 10,6% acima do registrado no ano anterior. A projeção leva em consideração os resultados do setor nos primeiros meses deste exercício.

Apesar do crescimento, a Abinpet chama atenção para as dificuldades que as empresas do setor pet enfrentam em relação à classificação tributária, já que 50% do valor que chega ao consumidor final é composto por impostos como ICMS, PIS/COFINS e IPI. Esta é a mesma classificação de itens como cigarros e bebidas alcoólicas.

Na divisão por segmentos da indústria pet, o destaque fica para o pet food, de produtos alimentícios, que deverá representar aproximadamente 78% do faturamento total dessa indústria. O segmento deve fechar o ano com R$ 36,4 bilhões e crescimento de 9,4% em relação a 2022.

Em seguida vem o Pet vet, ligado a produtos veterinários, que deve representar 15% do faturamento, com R$ 6,87 bilhões, 16% acima do registrado no ano anterior. No caso do Pet care, de bem-estar e higiene, o faturamento esperado é de R$ 3,08 bilhões, 15% superior ao de 2022. Este último poderá representar 7% do montante total estimado pela Abinpet para a indústria pet.

Empregos gerados

Levantamento realizado pelo IPB indica que o setor pet brasileiro gerou 2,83 milhões de empregos em 2021. Isso representa um aumento de 6,2% sobre o ano anterior.

Historicamente, os criadouros de animais compreendem a maior parte dos empregos gerados no setor, e em 2021 foi responsável por 2,4 milhões de novas vagas.

Em segundo aparece o comércio, com 290 mil os serviços veterinários especializados aparecem em terceiro, com 92 mil, e em seguida a indústria, com 67 mil novos empregos.

Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

Siga-nos nas redes sociais

Comentários

    Receba novidades no seu e-mail

    Ao preencher e enviar o formulário, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.

    Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

    Siga-nos nas redes sociais

    Fique por dentro!
    Cadastre-se e receba os nossos principais conteúdos por e-mail