Preço do minério sobe mais de 2%

A recuperação vem após pressão contínua de queda

18 de janeiro de 2024 às 22h39

img
Crédito: REUTERS/Muyu Xu

Pequim – Os preços futuros do minério de ferro se recuperaram ontem, auxiliados pela esperança renovada de mais estímulos por parte da China, principal mercado consumidor do minério, após um discurso de uma autoridade do órgão de planejamento estatal. O minério de ferro de referência para fevereiro na Bolsa de Cingapura subiu 2,48%, para US$ 128,9 a tonelada.

Já o contrato de maio do minério de ferro mais negociado na Bolsa de Mercadorias de (DCE), da China, encerrou as negociações do dia com alta de 0,8%, a 948,5 iuanes (US$ 131,85) a tonelada, apagando as perdas registradas mais cedo. Pela manhã, o contrato atingiu o nível mais baixo desde 19 de dezembro, em 920,5 iuanes por tonelada.

A China dará maior ênfase à expansão da demanda efetiva, ao desenvolvimento e ao fortalecimento da economia real, disse um funcionário da Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma do país, citado pela mídia estatal ontem.

“Não há nada que seja realmente novo ou material (no último discurso), mas a posição positiva do planejador estatal pode injetar alguma confiança no mercado”3, disse um analista chinês, que pediu anonimato por não estar autorizado a falar com a imprensa.

A recuperação dos preços vem após pressão contínua de queda. Uma recuperação econômica mais instável do que o esperado na China, o aprofundamento da crise imobiliária, o aumento dos riscos deflacionários e a demanda tímida lançaram sombra sobre as perspectivas para este ano.

Uma das principais fornecedoras de minério de ferro, a BHP relatou uma pequena queda de 2,2% na produção de minério de ferro no segundo trimestre, em linha com as previsões dos analistas, à medida que conecta sua linha ferroviária a um centro de produção na região de Pilbara, na Austrália.

Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

Siga-nos nas redes sociais

Comentários

    Receba novidades no seu e-mail

    Ao preencher e enviar o formulário, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.

    Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

    Siga-nos nas redes sociais

    Fique por dentro!
    Cadastre-se e receba os nossos principais conteúdos por e-mail