Rede Cidadã se destaca com projetos de assistência social

Entidade já está presente em 33 cidades em Minas, planeja expandir sua atuação no Estado e projeta novas parcerias

1 de fevereiro de 2024 às 9h00

img
Crédito: Divulgação/Rede Cidadã

A Rede Cidadã, uma entidade de assistência social que desenvolve programas e projetos de forma continuada, vai expandir sua atuação por Minas Gerais. Presente hoje em 33 cidades mineiras, a entidade planeja a chegar a 100 municípios do Estado até o final de 2025.

Mas a entidade quer ir além. Sob o lema de integrar para transformar, não é de hoje que a Rede vem se destacando no País, reunindo a sociedade civil, empresas, órgãos públicos, organizações sociais e voluntários com foco na geração de trabalho e renda.

Para isso, fundada em 2002, atua em diversas frentes, com destaque para a capacitação de jovens de 16 a 24 anos em situação de vulnerabilidade. Segundo o diretor-executivo da Rede, Fernando Alves, os processos não estão voltados apenas para a formação e oferecem uma proposta completa, do ingresso ao acompanhamento da performance do profissional no mercado.

“Durante o ingresso, trabalhamos primeiramente a questão de valores e um mapa de perfil de competências. Somos o único projeto no Brasil que aplica uma ferramenta de Assessment onde identificamos as linhas de competência dos jovens“, ressalta.

O objetivo, segundo ele, é que aconteça uma assertividade maior de colocar o jovem certo na vaga certa.

Além de Minas Gerais, a Rede Cidadã atua em outros 9 estados e mais de 60 cidades no País.

Trilha de desenvolvimento busca conexão entre setores

Crédito: Leonardo Morais

Embora os trabalhos anteriores com início e fim sejam vistos como êxito para a Rede, foi constatada a também a necessidade de uma capacitação continuada, e assim foi criada a Trilha de Desenvolvimento do Usuário e Família. “É um programa que conecta com as políticas públicas, atendendo as necessidades das políticas de assistência social do município, e conecta com os programas de responsabilidade social nas empresas, além de parcerias com outras ONGs”, destaca Alves.

“Hoje já temos cerca de 3 mil empresas que contratam, ONGs e prefeituras que participam”, completa.

Crédito: Reprodução/Rede Cidadã

Em Belo Horizonte, a Rede Cidadã fechou parceria com a Prefeitura para formar e encaminhar cerca de mil pessoas para o mercado de trabalho.

Outros projetos de assistência social em que a entidade obteve resultados positivos são os realizados com pessoas com deficiência e LGBTQIAPN+. “Hoje a Rede Cidadã é a organização social que tem o maior número de pessoas com deficiência como aprendizes em empresas em Minas”, destaca diretor-executivo.

Tags:
Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

Siga-nos nas redes sociais

Comentários

    Receba novidades no seu e-mail

    Ao preencher e enviar o formulário, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.

    Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

    Siga-nos nas redes sociais

    Fique por dentro!
    Cadastre-se e receba os nossos principais conteúdos por e-mail