Rodovias mineiras são regulares, ruins ou péssimas

Entidade analisou 111.502 quilômetros da malha rodoviária pavimentada brasileira, incluindo 15.605 km que passam pelo Estado

29 de novembro de 2023 às 17h48

img
BR-352 em Abaeté - pior rodovia de Minas Gerais | Crédito CNT

Grande parte das estradas que cortam Minas Gerais apresentam algum problema, conforme a 26ª edição da Pesquisa Confederação Nacional do Transporte (CNT) de Rodovias, que acaba de ser divulgada. A entidade analisou 111.502 quilômetros (km) da malha rodoviária pavimentada brasileira, incluindo 15.605 km que passam pelo Estado e classificou 78,7% dos trechos mineiros como regular (35,5%), ruim (34,8%) ou péssimo (8,3%). Somente 21,3% foi indicado como bom (18,9%) ou ótimo (2,4%). 

Levando em conta apenas as condições do pavimento das estradas, 70,6% têm problemas e 29,4% estão em circunstâncias satisfatórias. Quanto a sinalização das vias, 75,3% possui classificação regular, ruim ou péssima, enquanto 24,7% é julgada como boa ou ótima. No que se refere ao traçado das rodovias de Minas Gerais, 80,5% dispõe de objeções e 19,5% está boa ou ótima. 

A CNT também identificou 403 pontos críticos ao longo da malha rodoviária mineira, como queda de barreira, ponte caída, erosão na pista, buraco grande, ponte estreita e outros. Essas situações atípicas podem trazer graves riscos à segurança dos usuários, além de custos adicionais de operação, em razão da possibilidade de dano severo aos veículos, aumento do tempo de viagem e/ou elevação do consumo de combustíveis, segundo o material divulgado pela entidade.

Quais são as piores e as melhores rodovias de Minas Gerais?

Com as observações do levantamento, foram elencados em um ranking as piores e melhores estradas do Brasil. A pior rodovia brasileira é a AM-010, que liga os municípios amazonenses, Manaus e Itacoatiara. A melhor, por sua vez, de acordo com o relatório, está no Rio de Janeiro, a RJ-124, que começa na cidade de Rio Bonito e termina em São Pedro da Aldeia.

Em uma lista composta por 520 trechos, a melhor colocação mineira foi o 36º lugar. Por outro lado, o Estado tem a 15º pior estrada do País, além de outras 26 nas últimas 100 posições.

A BR-352 é considerada a pior rodovia do Estado. Ligando Abaeté a Pará de Minas, a estrada federal ficou na 506ª posição no ranking nacional. Logo na sequência aparece a BR-367 (503ª). Também de responsabilidade da União, a via faz a ligação entre Jacinto e Araçuaí. Em seguida vem a via estadual, MGC-381 (498ª), com início em Mantena e fim na cidade de Galiléia.  

Na outra ponta, classificada como a melhor rodovia de Minas Gerais e a 36ª melhor do Brasil, está a BR-050, de Araguari a Delta. A BR-365 (40ª), que liga os municípios de Patrocínio a Santa Vitória, vem logo em seguida. Por fim, aparece a BR-146 (80ª), começando em Patos de Minas e terminando em Araxá. Todas são estradas federais, porém, as duas primeiras estão concedidas. 

Tags: ,
Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

Siga-nos nas redes sociais

Comentários

    Receba novidades no seu e-mail

    Ao preencher e enviar o formulário, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.

    Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

    Siga-nos nas redes sociais

    Fique por dentro!
    Cadastre-se e receba os nossos principais conteúdos por e-mail