UFMG recebe ‘Prêmio de Inovação Universidades’

10 de junho de 2021 às 0h15

img
Crédito: Lucas Braga/UFMG/Divulgação

Por ter sido a universidade brasileira que registrou o maior número de patentes no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (Inpi), no período de 2010 a 2019, a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) recebeu o Prêmio de Inovação Universidades, oferecido pela Clarivate Analytics. O anúncio ocorreu no fim de maio durante o evento Acelerando o ciclo de inovação no Brasil.

A reitora da UFMG, Sandra Regina Goulart Almeida, afirma que o prêmio é mais um reconhecimento entre tantos outros que a instituição vem recebendo nos últimos anos. “Nossa produção científica é robusta quantitativa e qualitativamente, e a patente é um indicador dessa excelência, já que, de um lado, comprova nossa capacidade de produzir conhecimento original e inovador e, de outro, a nossa competência para protegê-lo”, afirma.

Na UFMG, a instância responsável pela gestão das patentes é a Coordenadoria de Transferência e Inovação Tecnológica (CTIT). A coordenadora executiva do órgão, Juliana Crepaldi, destaca que o prêmio “reflete a maturidade da política de inovação da UFMG para a proteção e a gestão qualificada desses seus ativos”.

Segundo ela, a Universidade não se destaca apenas em relação aos depósitos de patentes, mas também na transferência dessas tecnologias para a indústria. “Isso significa que as pesquisas realizadas na Universidade estão, de fato, ajudando a promover a inovação da indústria brasileira”, argumenta Juliana Crepaldi.

Outra instituição universitária reconhecida pela Clarivate Analytics é a Universidade Federal da Paraíba (UFPB), que recebeu menção honrosa em razão do “crescimento recente” apresentado no depósito de patentes.

Promoção da inovação – Com sede nos Estados Unidos, a Clarivate Analytics é uma empresa que atua no fornecimento de análises no campo da propriedade intelectual, visando à promoção da inovação. Segundo Jack Wan, diretor de comunicações externas da agência, no evento de premiação foram abordados “os principais temas da inovação na pesquisa científica brasileira, como [o caminho] da pesquisa básica à prática e a evolução da pesquisa brasileira na última década”.

Na ocasião, também foram atribuídos outros prêmios, entre eles o de Inovação Empresas, concedido à Petrobras em razão da sua expressiva colaboração com universidades.

Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

Siga-nos nas redes sociais

Comentários

    Receba novidades no seu e-mail

    Ao preencher e enviar o formulário, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.

    Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

    Siga-nos nas redes sociais

    Fique por dentro!
    Cadastre-se e receba os nossos principais conteúdos por e-mail