Energisa avalia oferta de R$ 2 bi

Companhia já teria acionado outras empresas para assessorarem a operação, sem dar detalhes

18 de janeiro de 2024 às 21h00

img
Crédito: Divulgação

São Paulo – A Energisa, sediada em Cataguases, na Zona da Mata, anunciou ontem que está trabalhando em documentação para uma “possível realização” de oferta pública primária de ações ordinárias e preferenciais, follow on, mirando uma captação de cerca de R$ 2 bilhões.

A empresa de energia afirmou que o acionista controlador, Gipar, já manifestou intenção de acompanhar o aumento de capital na proporção de sua participação na companhia, de 27,7%.

A companhia afirmou em fato relevante ao mercado que contratou Itaú BBA, BofA, Bradesco BBI, BTG Pactual, Citi, JPMorgan, Santander e Scotiabank para assessorarem a operação.

A Energisa espera lançar a “potencial oferta” após o encerramento do pregão de sexta-feira.

Porém, afirmou que “até o momento não há definição a respeito do efetivo lançamento” da oferta.

A destinação dos recursos da potencial oferta não foi informada no fato relevante divulgado ontem pela companhia.

Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

Siga-nos nas redes sociais

Comentários

    Receba novidades no seu e-mail

    Ao preencher e enviar o formulário, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.

    Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

    Siga-nos nas redes sociais

    Fique por dentro!
    Cadastre-se e receba os nossos principais conteúdos por e-mail