Estoque de produtos de captação de bancos cresce 20%

As LCIs foram os produtos que registraram maior crescimento

24 de janeiro de 2024 às 20h37

img
As LCIs foram os produtos que registraram o maior crescimento, alta de 50% frente 2022 | Crédito: REUTERS/Amanda Perobelli

A B3, bolsa do Brasil, registrou crescimento nos estoques de todos os produtos de renda fixa de captação bancária, que são títulos emitidos por instituições financeiras em 2023. O montante registrado em dezembro foi de R$ 4,5 trilhões, contra R$ 3,8 trilhões no final de 2022, alta de 20%.

Os números englobam os estoques registrados de Certificado de Depósito Bancário (CDB), Depósito Interfinanceiro (DI), Letra de Crédito do Agronegócio (LCA), Letra de Crédito Imobiliário (LCI), Letra Financeira (LF), Letra Imobiliária Garantida (LIG) e Recibo de Depósito Bancário (RDB).

“Ainda que no final do ano tenhamos visto o início de um ciclo de queda na taxa de juros, a manutenção da taxa em um patamar ainda elevado fez com que os instrumentos de renda fixa continuassem a ganhar espaço nas carteiras dos investidores”, observa o diretor de Produtos de Balcão e Novos Negócios da B3, Fábio Zenaro.

Em alta

As LCIs foram os produtos que registraram maior crescimento no período, somando R$ 360,5 bilhões de estoque em dezembro, alta de 50% em comparação ao ano anterior. E o estoque das LCA teve aumento de 36% e alcançou R$ 458,9 bilhões.

Conforme informações da B3, tanto LCIs quanto LCAs têm isenção de imposto de renda sobre os rendimentos para as pessoas físicas, o que aumenta sua atratividade para os investidores.

A LIG, título lastreado por créditos imobiliários, somou R$ 111,7 bilhões em estoque no período, aumento de 24% em comparação a dezembro de 2022. E a Letra Financeira, título que capta recursos de longo prazo, contabilizou aumento de 9% no estoque, com R$ 492,3 bilhões.

 Os CDBs, produtos com maior volume, registraram crescimento de 14% no ano, com R$ 2,1 trilhões de estoque contra R$ 1,9 trilhão em 2022. Os RDBs tiveram aumento de 36% no período, com valor de R$ 427,8 bilhões.

Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

Siga-nos nas redes sociais

Comentários

    Receba novidades no seu e-mail

    Ao preencher e enviar o formulário, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.

    Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

    Siga-nos nas redes sociais

    Fique por dentro!
    Cadastre-se e receba os nossos principais conteúdos por e-mail