Amadoria prevê dobrar o faturamento em 2024

Empresa conta com diferentes frentes de negócios, como produção de eventos e aluguel de espaços para pessoas físicas e empresas

21 de janeiro de 2024 às 7h59

img
A sede da Amadoria está localizada no bairro Floresta, em Belo Horizonte | Crédito: Cacá Lanari

A Amadoria, empresa mineira liderada por cinco mulheres, tem investido na melhoria da estrutura física e no treinamento do time de colaboradores alcançar resultados favoráveis em 2024. A meta da casa de eventos é dobrar o faturamento e aumentar a retenção de clientes neste exercício.

A sócia e co-fundadora da Amadoria, Mariza Machado, explica que o principal objetivo do negócio é promover a conexão e o aprendizado entre as pessoas. Ela destaca que todos os funcionários trabalham em cima de quatro pilares: arte, amor, autoconhecimento e bem-estar.

“Tudo que a gente trabalha é pensando no ser humano que busca o equilíbrio. Quando a gente fala dos nossos pilares – a arte, o amor, o autoconhecimento e o bem-estar -, a gente acredita que tudo isso é necessário para ter um ser humano em equilíbrio”, diz.

A empresa busca oferecer diversos serviços para os mais variados públicos. Carolyne Gomes, outra sócia da Amadoria, afirma que tudo que esteja ligado aos pilares pode acontecer na casa rosa e verde, a nova sede da marca, localizada no bairro Floresta, na região Central de Belo Horizonte. “Temos um espaço físico de 450 metros quadrados com inúmeras possibilidades”, conta.

O local, que acomoda até 350 pessoas, também está com as portas abertas para receber experiências de aprendizagem de terceiros, pessoas que buscam um lugar para fazer as suas ideias se expandirem. A sócia e co-fundadora da empresa, Bárbara Andrade, revela que um dos objetivos é fazer com que outras pessoas busquem se experimentar no local, oferecendo seus próprios cursos e experiências de aprendizagem. “Já tivemos vários profissionais que começaram um negócio na nossa casa”, relata.

Mariza Machado explica que a Amadoria conta com diferentes frentes de negócios, como a produção de eventos e o aluguel de espaços para pessoas físicas e empresas. Além disso, a Amadoria também organiza uma feira de produtores locais: a Feira de Mercadoria. “A gente já está indo para a 23ª edição. É uma feira que recebe em torno de 70 expositores locais a cada edição. Começamos em dezembro de 2016”, recorda.

Ela ressalta que a inovação e a criatividade sempre estiveram no DNA da empresa. A executiva ainda explica que o nome Amadoria não está relacionado à palavra “amador”, como muitos pensam, mas sim, a seu real significado: amar o que faz. “A gente defende muito isso, da gente fazer o que ama. Porque acreditamos que quando a gente faz o que ama, a gente tá no nosso máximo potencial”, completa.

A Amadoria conta com diferentes frentes de negócios, como a produção de eventos e o aluguel de espaços para pessoas físicas e empresas | CRÉDITO: Space Tour 360

Em 2023, a Amadoria treinou mais de 2 mil pessoas e registrou 408 horas de aulas, 57 workshops presenciais e nove on-line em oito cidades do Brasil; além de atender 110 empresas com aluguel do espaço e treinamentos. No total, 75 eventos foram realizados na casa e cerca de 25 mil pessoas circularam pelo local durante o ano que passou.

Soluções personalizadas

Além disso, uma das principais características do negócio é a oferta de soluções personalizadas, conforme os objetivos de cada cliente. Dentre os serviços oferecidos está a realização de palestras, workshops, rodas de conversa, programas de desenvolvimento da liderança, encontros de fortalecimento de times, dentre outras experiências.

“Essa questão da aplicabilidade prática é muito importante para nós. Por isso, customizamos. Não são treinamentos de prateleira, que muitas empresas oferecem. Nossos produtos são contextualizados e customizados. O cliente se enxerga neles”, afirma Mariza Machado.

Entre os principais clientes da Amadoria estão mineradoras e indústrias. Mas a demanda por parte de empresas do setor de serviços é crescente.

Empresa é liderada por cinco mulheres | Crédito: Dilson Ferreira

Sobre a Amadoria

A Amadoria foi fundada há oito anos por três mulheres (Bárbara Andrade, Luciana Gallo e Mariza Machado) que compartilhavam do mesmo desejo: criar um negócio pioneiro voltado à promoção da conexão e do aprendizado entre as pessoas.

Em 2021, Bárbara Damasceno e Carolyne Gomes se juntaram ao time, formando o quinteto de líderes da empresa. No início, a Amadoria contou com a participação da comunidade local do bairro de Santa Tereza, na região Leste da Capital, por meio de movimentos colaborativos. Dentre as ações, financiamento coletivo, também conhecido como crowdfunding, e a realização de um mutirão com o auxílio de dezenas de pessoas para a construção da primeira casa da marca.

Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

Siga-nos nas redes sociais

Comentários

    Receba novidades no seu e-mail

    Ao preencher e enviar o formulário, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.

    Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

    Siga-nos nas redes sociais

    Fique por dentro!
    Cadastre-se e receba os nossos principais conteúdos por e-mail