BH Airport é considerado o oitavo melhor aeroporto do mundo

Brasil conta com quatro terminais em lista dos melhores deste ano, realizado pela AirHelp Score

4 de dezembro de 2023 às 17h12

img
O BH Airport foi o oitavo melhor aeroporto do mundo, com 8,35 pontos | Crédito: BH Airport / Divulgação

O Brasil conta com quatro terminais entre os dez melhores aeroportos do mundo em 2023, com o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte (BH Airport), localizado em Confins, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), aparecendo em oitavo lugar. É o que revela a nova edição do ranking internacional AirHelp Score.

A lista é liderada pelo Aeroporto Internacional de Mascate, em Omã, que registrou 8,54 pontos; sendo 8,36 para pontualidade dos voos, 8,72 para a qualidade do serviço e 8,90 para a qualidade do comércio no local. O levantamento foi realizado entre os meses de janeiro e outubro deste ano e possui 194 terminais listados e avaliados por 16 mil usuários da plataforma AirHelp em mais de 58 países.

Entre os brasileiros, o destaque foi o Aeroporto Internacional de Recife/Guararapes-Gilberto Freyre, que ocupa a segunda posição com 8,49 pontos no total, com seu melhor resultado na análise sobre as lojas e restaurantes (8,67).

No caso do BH Airport, o terminal mineiro registrou 8,39 pontos no quesito pontualidade, 8,22 na qualidade do serviço e 8,35 para o comércio. Dessa forma, o aeroporto internacional ficou com uma nota final de 8,35.

Além destes, os outros terminais brasileiros que estão presentes no Top 10 são: Aeroporto Internacional de Brasília (8,43) e Aeroporto Internacional de Belém (8,36), ocupando a quarta e a sétima posição, respectivamente.

Se estender essa lista para os 20 melhores, aparecem mais outros dois terminais brasileiros: o Aeroporto Internacional de Porto Alegre, na 12a colocação, e o Aeroporto Internacional de Curitiba, no 18º lugar. O ranking ainda traz os aeroportos de Guarulhos (32º), Congonhas (37º) e Viracopos (56º) no estado de São Paulo; além de Santos Dumont (31o) e o Aeroporto Internacional do Galeão (35º) no Rio de Janeiro.

O diretor-geral da AirHelp no Brasil, Luciano Barreto, lembra que o País conseguiu repetir o resultado do último ano, quando quatro aeroportos brasileiros figuraram entre os dez melhores do mundo.

“Atingir um feito desse nível por dois anos consecutivos comprova que a gestão operacional e a infraestrutura dos aeroportos aqui instalados têm melhorado bastante ao longo dos últimos anos, notadamente com a participação de novos players e ampliação dos recursos investidos”, declara. Para ele, toda essa combinação acabou promovendo experiências mais agradáveis aos usuários que circulam pelos aeroportos brasileiros.

Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

Siga-nos nas redes sociais

Comentários

    Receba novidades no seu e-mail

    Ao preencher e enviar o formulário, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.

    Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

    Siga-nos nas redes sociais

    Fique por dentro!
    Cadastre-se e receba os nossos principais conteúdos por e-mail