COTAÇÃO DE 27/09/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,3780

VENDA: R$5,3790

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,3130

VENDA: R$5,5370

EURO

COMPRA: R$6,2562

VENDA: R$6,2591

OURO NY

U$1.750,16

OURO BM&F (g)

R$300,91 (g)

BOVESPA

+0,27

POUPANÇA

0,3575%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

livre Negócios Negócios-destaque

Clube de Autores adota medidas para apoiar mercado editorial em tempos de pandemia

COMPARTILHE

Crédito: Divulgação

Com a pandemia do Covid-19, diversos setores da economia estão sendo impactados. Além disso, muitos brasileiros estão de quarentena, trabalhando de casa e tentando adaptar suas rotinas à nova realidade.

Com o objetivo de apoiar autores, parceiros e leitores, o Clube de Autores, plataforma de autopublicação da América Latina, adotou algumas medidas, como desconto em livros e aumento no repasse das gráficas.

PUBLICIDADE

As medidas começaram a valer no dia 23 de março, e novas ações deverão ser lançadas nos próximos dias. O objetivo é apoiar a indústria gráfica e ajudar no andamento da economia do mercado editorial em tempos de crise econômica mundial.

Em duas semanas de quarentena, estima-se que a Itália perdeu 75% das suas vendas de livros. Na Espanha, onde também já foi adotado o protocolo de isolamento total, o mercado vem registrando queda.

“Não queremos que esse cenário se repita aqui no Brasil. Assim como acreditamos que o mercado de bairro deva ser priorizado ante as grandes cadeias de supermercado, acreditamos que o mercado editorial se encontre numa situação de fragilidade análoga e que, portanto, deva receber nossa total solidariedade numa economia com tantas opções de compra”, diz o CEO do Clube de Autores, Ricardo Almeida.

“Para que escritores brasileiros continuem publicando seus livros, nós decidimos tomar algumas medidas de apoio aos diversos elos da cadeia literária, desde a gráfica que imprime nossos livros, que terão aumento espontâneo nos valores que serão pagos por impressão, até os autores que não terão diminuição no valor pago a título de direitos autorais. Nós, como empresa, precisamos agir também”, finaliza. Medidas que passam a valer:

Aumento no repasse das verbas: O Clube de Autores vai aumentar o custo gráfico de todos os livros. Significa que a plataforma pagará mais às gráficas pela impressão de cada livro do que o usual. O objetivo é aumentar o faturamento de parceiros que são fundamentais para a cadeia editorial. Leitores e autores não serão afetados com este aumento;

Desconto em livros impressos: Por tempo indeterminado, todas as publicações impressas da plataforma terão um desconto de R$ 9. Os direitos autorais não serão impactados em nada. Desta forma, o Clube de Autores busca incentivar a compra e a leitura de obras impressas, ajudando tanto o autor em sua renda, como o leitor que está de quarentena. (Da Redação)

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!