COTAÇÃO DE 17/01/2022

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,5260

VENDA: R$5,5270

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,5470

VENDA: R$5,6800

EURO

COMPRA: R$6,2770

VENDA: R$6,2799

OURO NY

U$1.819,25

OURO BM&F (g)

R$321,94 (g)

BOVESPA

-0,52

POUPANÇA

0,5751%%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Negócios

Conta 4U fará expansão nacional com foco em Minas

COMPARTILHE

" "
Hoje temos uma plataforma que cuida daquilo que o empresário precisa de fato, garante o CEO João Ferraz | Crédito: Divulgação

O caos, provocado pela pandemia, e a burocracia levam as pequenas empresas ao descontrole contábil. Com foco na operação e quase nenhuma estrutura, micro e pequenas empresas (MPEs), microempreendedores individuais (MEIs), autônomos e optantes do Simples não costumam ter capital para contratar um contador ou uma consultoria contábil.

De olho nesse público, a plataforma capixaba  Conta 4U, projeta sua expansão nacional com foco no território mineiro. A primeira unidade franqueada já está em operação em Belo Horizonte e a meta é alcançar, pelo menos, 30% das cidades mineiras, começando pelos polos regionais.

PUBLICIDADE




Segundo o CEO da Conta 4U, João Ferraz, Minas Gerais atrai pelo tamanho da economia e também pelo nível de empreendedorismo local. De acordo com dados da Receita Federal, divulgados pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), houve um aumento de 18,89% na abertura de empresas em Minas Gerais em janeiro deste ano, em comparação com o mesmo mês de 2020.

“Hoje temos uma plataforma que cuida daquilo que o empresário precisa de fato. Proporcionamos a ele uma solução acessível e que permite através de uma estrutura intuitiva e com Inteligência Artificial (IA), cumprir o processo inteiro até a ponta final. A contabilidade consultiva é fundamental, mas nem sempre uma pequena empresa consegue arcar com o valor de consultoria. A partir do lançamento dos dados, conseguimos fazer as classificações, informar ao governo todas as obrigações e entregar as declarações e guias. Isso porque entregamos muita tecnologia no processo”, explica Ferraz.

O investimento médio para abertura de unidade é de R$ 21 mil. O papel do franqueado é prospectar clientes e usar a sua rede de relacionamento comercial. Não é exigida nenhuma experiência no setor mas, apesar disso, muitos contadores têm aderido, especialmente aqueles que querem passar para um modelo de menor custo e jovens recém-formados.

“Quando começamos, a ideia era ser uma central que atendesse o Brasil. Mas tem um elemento fundamental nesse segmento que é a construção de confiança. Difícil alguém contratar um contador sem referência. Isso é um traço cultural. Essa competição não seria vencida só com o marketing. Por isso pivotamos o modelo de franquias. Assim, quem vai fechar o contrato e sempre estar disponível para qualquer necessidade é alguém próximo”, destaca.




Outro ponto crítico do negócio é a proteção dos dados. Todos os dados utilizados pela plataforma são fornecidos pelo cliente e eles serão, de maneira oportuna, repassados para o governo.

“A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) é nossa norteadora, assim como a necessidade do sigilo fiscal. A nossa obrigação é repassar dados ao governo. O dado volta com camadas, se transformando em inteligência. Fugimos um pouco dos termos técnicos. Queremos que o nosso cliente ganhe uma oportunidade estratégica a partir da nossa entrega”, completa o CEO da Conta 4U.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!