DC LIVROS | 18/02

18 de fevereiro de 2023 às 0h21

img

Pandemia

“Sem fôlego” é a história do Sars-CoV-2 sob o ponto de vista dos cientistas que trabalharam arduamente para compreendê-lo. Com base em mais de 100 entrevistas, David Quammen examina como novos vírus podem afetar os humanos à medida que interferimos na natureza, com o potencial de causar catástrofes globais – e como esse coronavírus provavelmente circulará indefinitivamente entre nós, de uma forma ou de outra. O autor ainda demonstra que os especialistas em doenças infecciosas já haviam sinalizado essa pandemia, mas tais alertas foram ignorados por razões políticas ou econômicas, e que, embora seja difícil determinar a origem exata desses vírus, temos pistas convincentes e suposições que podem ser descartadas. (Sem fôlego, David Quammen, Companhia das Letras, 432 páginas, R$ 129,90 impresso e R$ 44,90 e-book)

Uma ode às livrarias

A literatura é como um mosaico: os livros, as bibliotecas, os leitores e as livrarias. Apesar desta última estar cada dia mais rara, o saudosismo levou a escritora Cléo Busatto a resgatar a essência de percorrer os corredores e prateleiras e transportasse os jovens para “A última livraria da minha rua”, pulicada pela CLB Produções. Em uma viagem nostálgica, Cléo apresenta Benjamim, um jovem de 23 anos. Ele relembra a época em que tinha dez e acompanhava a mãe no trabalho. Foi na Ghiane, última livraria da avenida Araújo, em uma manhã de sábado, durante uma contação de história, que Benjamin encontra a aflita Tati. Apavorada, ela entrega um bilhete ao garoto contendo um pedido de ajuda. Eles se embrenham por passagens desconhecidas, portas secretas, labirintos e escadas que dão em nada. Enquanto buscam a saída, desvendam o próprio passado, sentimentos e provocações da vida em meio às experiências literárias exploradas nas prateleiras desse lugar misterioso. (A última livraria da minha rua, Cléo Busatto, Editora CLB Produções, 104 páginas, R$ 58,40)

A arte do Storytelling

Tornar as palavras mais sedutoras aos olhos e ouvidos de quem as recebe a ponto de ganhar total atenção é a base para criar conexões de qualidade com as pessoas, e isso também é verdade para as marcas e empresas. Em “Storytelling: Cativando com a Narrativa”, lançamento da editora Almedina Brasil, o especialista em tecnologia, escritor, fotógrafo e filmmaker, José Antônio Ramalho, reúne o embasamento teórico e prático necessário para quem deseja dominar a arte de contar boas histórias. A ideia desse guia é incorporar técnicas à rotina do leitor, para que atinja a audiência de forma eficiente. Com a colaboração das tecnologias atuais, o autor introduz as melhores práticas para cativar a audiência e potencializar projetos profissionais ou pessoais. Ramalho aborda ainda a adequação do formato da história ao público-alvo; o manejo das emoções; a aplicação das estruturas narrativas universalmente aceitas; e as habilidades de storytelling. (Storytelling: Cativando com a Narrativa, José Antônio Ramalho, Editora Almedina Brasil, 352 páginas, R$ 139)

21 dias para mudar a mentalidade financeira

Não existe solução mágica. O processo de geração de capital é técnico, exige conhecimento, dedicação e paciência, mas pode ser aprendido e executado por qualquer pessoa. O empresário e administrador Luis Guilherme Waszczuk da Silva se coloca como prova disso, e afirma que o objetivo de ser um novo rico pode sim ser concretizado. No lançamento cujo subtítulo é “Transforme sua mente e comece a gerar riqueza em apenas 21 dias”, Silva vai além do desenvolvimento pessoal. Ele estudou os mais ricos personagens históricos e contemporâneos na possibilidade de percorrer caminhos similares aos deles. No livro, estas histórias reais são acompanhadas de exemplos para apresentar noções básicas de economia e educação financeira. A proposta é que a leitura seja rápida – um capítulo por dia – seguida de exercícios práticos. As 21 lições dissecam o método AMG Awake/Manage/Growth, criado pelo autor com objetivo de orientar o leitor que quer embarcar nesta jornada pela riqueza. “Novo Rico” é uma leitura direcionada a todos que estejam iniciando a formação do patrimônio financeiro, por isso é mais indicada para jovens entre 20 e 40 anos que encontram dificuldade de aplicar sua renda pessoal. Ao conteúdo, o autor que tem por lema “evoluir sempre” acrescenta ponderações para que a riqueza seja entendida como meio para resolução de problemas e não um fim em si mesma. (O novo rico: transforme sua mente e comece a gerar riqueza em apenas 21 dias, Luis Guilherme Waszczuk da Silva, Editora Eu Evoluo Sempre, 167 páginas, R$ 59,90)

Tags:
Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

Siga-nos nas redes sociais

Comentários

    Receba novidades no seu e-mail

    Ao preencher e enviar o formulário, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.

    Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

    Siga-nos nas redes sociais

    Fique por dentro!
    Cadastre-se e receba os nossos principais conteúdos por e-mail