Fapemig divulga chamada de R$ 50 milhões

São três categorias de financiamento para o Programa de Apoio a Instalações Multiusuários

23 de janeiro de 2024 às 21h02

img
Crédito: Freepik

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig) divulgou a Chamada 02/2024 – Programa de Apoio a Instalações Multiusuários. Essa chamada vai destinar R$ 50 milhões a projetos com o objetivo de apoiar o funcionamento de instalações multiusuários em criação ou existentes nas Instituições Científicas, Tecnológicas e de Inovação do Estado de Minas Gerais (ICTMGs) e/ou induzir o seu compartilhamento para o apoio a pesquisas em desenvolvimento.

Os Sistemas Multiusuários são equipamentos e/ou infraestruturas de pesquisa que possibilitam uso compartilhado, vinculados a Instituições Científicas, Tecnológicas e de Inovação (ICTs).

As propostas poderão ser submetidas até 3 de abril por meio de formulário eletrônico disponibilizado no sistema Everest. Os interessados deverão concorrer nas seguintes categorias de financiamento:

Categoria A

Destinada à aquisição de equipamentos de médio ou grande porte para uso compartilhado e adequações de espaço físico multiusuário utilizado na pesquisa visando à melhoria de infraestrutura, segundo a política de compartilhamento de instalações da própria instituição. Equipe formada por, no mínimo, um coordenador e pelo menos dois membros na função de subcoordenador, todos cadastrados no sistema Everest. Valor total para a categoria A é de R$ 30 milhões.

Categoria B

Destinada à manutenção de equipamentos de todos os portes e adequações de espaço físico multiusuário, desde que estejam incluídos na política de uso compartilhado de instalações da própria instituição. Equipe formada por, no mínimo, um coordenador e pelo menos dois membros na função de subcoordenador, todos cadastrados no sistema Everest. O valor total para a categoria B é R$ 10 milhões.

Categoria C

Destinada a propostas institucionais para aquisições de equipamentos de grande porte, manutenção de equipamentos de todos os portes e adequações de espaço físico multiusuário, desde que previstos na política de uso compartilhado de instalações da própria instituição. Essa categoria requer que o coordenador da proposta seja, obrigatoriamente, o pró-reitor ou o diretor de pesquisa da ICTMG (Instituição Executora), ou alguém designado diretamente pelo representante máximo da instituição para esta função. O valor destinado para esta categoria é de R$ 10 milhões.

Tags:
Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

Siga-nos nas redes sociais

Comentários

    Receba novidades no seu e-mail

    Ao preencher e enviar o formulário, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.

    Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

    Siga-nos nas redes sociais

    Fique por dentro!
    Cadastre-se e receba os nossos principais conteúdos por e-mail