COTAÇÃO DE 24/09/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,3430

VENDA: R$5,3440

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,3800

VENDA: R$5,5030

EURO

COMPRA: R$6,2581

VENDA: R$6,2594

OURO NY

U$1.750,87

OURO BM&F (g)

R$301,00 (g)

BOVESPA

-0,69

POUPANÇA

0,3012%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Negócios

MadeiraMadeira inaugura mais duas lojas em Minas

COMPARTILHE

Ana Gabardo: Minas é um estado prioritário na nossa estratégia | Crédito: Divulgação/MadeiraMadeira

Fazendo o caminho contrário da maioria dos varejos, que buscaram o comércio virtual como alternativa para sobreviver à crise econômica deflagrada no contexto da Covid-19, a MadeiraMadeira, que já nasceu digital, investe em lojas físicas para se tornar omnichannel.

A unicórnio brasileira do setor de móveis e utilidades para casa acaba de inaugurar mais duas unidades em Minas Gerais: a segunda em Belo Horizonte e outra em Coronel Fabriciano, no Vale do Aço. Outras duas já haviam sido inauguradas também em 2021: a primeira na Capital e outra em Uberlândia, no Triângulo.

PUBLICIDADE

De acordo com a diretora comercial da MadeiraMadeira, Ana Gabardo, a rede já tem 43 unidades e a expectativa é chegar ao fim do mês com 50. Para o fim do ano a meta é, ainda, mais ousada, dobrar o total, rompendo a barreira da centésima operação física.

Até setembro serão mais sete inaugurações no Estado: mais duas em Belo Horizonte, e uma em Uberlândia, Juiz de Fora (Zona da Mata), Governador Valadares (Vale do Rio Doce), Sete Lagoas (região Central) e Patos de Minas (Alto Paranaíba).

“Minas Gerais é um estado prioritário na nossa estratégia. Estamos sendo muito cuidadosos com a escolha dos pontos. É um território muito grande e as lojas precisam facilitar a logística dos clientes. Nascemos digitais, mas entendemos que o cliente quer ter o poder de escolha, inclusive sobre qual plataforma usar para comprar, daí a necessidade de termos uma presença física também. Hoje são todas lojas próprias. Nesse primeiro momento temos que ser muito rápidos nas decisões e isso é mais fácil com todo o controle dentro de casa. No futuro podemos pensar em parcerias”, explica Ana Gabardo.

Nas guide shops da marca o objetivo é oferecer ao consumidor uma experiência com parte do catálogo da MadeiraMadeira, que está espalhado por diversos ambientes decorados. Os consultores da MadeiraMadeira estão preparados para auxiliar na combinação de produtos e escolha dos melhores itens, assim o cliente que se interessa por um móvel, pode fazer a compra on-line na própria loja, e receber em casa.

“Optamos por esse modelo de atendimento para conter os custos e poder oferecer o mesmo preço nas operações físicas e na internet. Por isso preferimos também os pontos de rua e não de shopping center. Hoje quando buscamos uma região temos um olhar para o curto prazo e outro mais distante, para quando o comércio estiver 100% liberado. A retomada dos escritórios vai alterar o perfil das lojas de centro”, avalia.

O projeto de expansão física da rede começou no início do ano passado. A primeira inauguração aconteceu junto à sede, em São José dos Pinhais (PR), em março, pouco antes de ser declarada a pandemia de Covid-19 pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Refeitos do susto, o planejamento foi retomado em agosto.

“O cliente está mais exigente. A gente fala que omnichannel é respeitar a vontade do cliente. Temos visto que eles migram de canais. Ter a loja física é também uma oportunidade de levar a marca para várias regiões, tem cidades que têm perfil mais do físico. A pandemia mudou o dia a dia com os protocolos. E o on-line mudou a velocidade de crescimento para todo o e-commerce”, destaca.

Ainda em 2021, a MadeiraMadeira vai lançar sua marca própria de móveis. O objetivo é aproveitar todo o conhecimento acumulado para lançar uma operação que já nasce preocupada com a sustentabilidade de toda a cadeia produtiva.

“A responsabilidade ambiental e social é uma construção do pensamento crítico do consumidor. Ele começa a criar uma relação com as marcas. Ele quer ir na loja física também por isso. Como trabalhamos com muitas fábricas, temos um time de campo para visitar esses parceiros. Prestamos uma verdadeira consultoria e vamos aplicar tudo isso na nossa marca própria”, completa a diretora comercial da MadeiraMadeira.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!