COTAÇÃO DE 17/05/2022

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$4,9420

VENDA: R$4,9430

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,0400

VENDA: R$5,1520

EURO

COMPRA: R$5,2307

VENDA: R$5,2334

OURO NY

U$1.814,77

OURO BM&F (g)

R$290,29 (g)

BOVESPA

+0,51

POUPANÇA

0,7025%

OFERECIMENTO

Negócios

Parceria busca atrair investimentos para gerar energia solar no Estado

Absolar e InvestMinas fecharam um acordo de cooperação para a atração de novos investimentos em geração

COMPARTILHE

várias placas solares organizadas em fileiras em um campo aberto e limpo com árvores ao fundo longe
Minas Gerais atingiu a marca de 2 gigawatts em capacidade de geração de energia fotovoltaica no final do ano passado | Crédito: Divulgação - Sistema Ocemg

Minas Gerais segue na vanguarda da geração de energia fotovoltaica no País. No fim do ano passado, o Estado atingiu a marca histórica de 2 gigawatts (GW) em operação da fonte solar gerada em território mineiro, a partir de quase R$ 10 bilhões em investimentos e geração de cerca de 60 mil empregos, de acordo com dados da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar). E esses números tendem a ser ainda maiores daqui para frente, a partir de uma parceria firmada com o Instituto de Desenvolvimento Integrado de Minas Gerais (Invest Minas).

Trata-se de um acordo de cooperação para fomentar a geração de energia fotovoltaica no Estado, por meio da atração de novos investimentos. A geração de emprego e renda também está no radar, assim como o estímulo ao desenvolvimento de novas oportunidades de negócios e a ampliação do acesso à energia solar por consumidores residenciais, setor público, pelo agronegócio e por outros setores produtivos.

PUBLICIDADE




Para isso, as prioridades da parceria incluem a identificação de empreendedores do setor interessados em investir em Minas Gerais, bem como o compartilhamento de informações sobre o mercado mineiro, avaliação de tendências de negócios e melhoria do ambiente regulatório e legal, além da cooperação em eventos e a realização de ações conjuntas.

De acordo com o presidente da Invest Minas, João Paulo Braga, a parceria com a Absolar – uma organização consolidada no segmento de energia solar e com ampla rede de relacionamento – permitirá dar mais visibilidade às já tão grandes oportunidades de Minas Gerais na atração de investimentos no segmento. Segundo ele, todo o trabalho da agência é orientado para compreender os critérios que pautam as tomadas de decisões de investidores e a oferta de informações estratégicas é fundamental para a competitividade do Estado neste processo.

“É neste contexto que a gente busca parcerias com o setor privado, especialmente com organizações que conhecem seus respectivos mercados e que podem contribuir com boas informações. O resultado disso, e que reforça nossa estratégia vitoriosa na atração de investimentos em energia fotovoltaica, é que ainda nesta semana anunciaremos mais um grande investimento em usina solar no Norte do Estado“, revela. A reportagem apurou que o município de Pirapora – já referência neste tipo de geração – será o destino de mais esse projeto de centenas de milhões de reais.

Parceria de longa data

O CEO da Absolar, Rodrigo Sauaia, reforça que a entidade já é parceira de longa data de Minas Gerais na construção de projetos e programas públicos para o desenvolvimento da fonte solar. Ele lembra que, desde 2012, a geração própria e as grandes usinas solares proporcionaram a Minas Gerais a atração de mais de R$ 9,9 bilhões em investimentos, geração de mais de 60 mil empregos e a arrecadação de mais de R$ 2,5 bilhões aos cofres públicos.

PUBLICIDADE




Ao somar as grandes usinas centralizadas e os pequenos e médios sistemas de geração própria em telhados, fachadas e terrenos, o Estado já possui 2.012,4 MW operacionais. O somatório dos valores de geração centralizada (631,16 MW) e distribuída (1.384,21 MW) correspondem à energia solar fotovoltaica gerada por grandes usinas, parques solares e também por painéis solares em residências e condomínios, respectivamente. 

“Minas Gerais é referência no desenvolvimento da energia solar no Brasil. A tecnologia fotovoltaica representa um enorme potencial de geração de emprego e renda, atração de investimentos privados e colaboração no combate às mudanças climáticas”, avalia o coordenador estadual da Absolar em Minas Gerais, Bruno Catta Preta.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!