Sankhya faturou R$ 200 milhões em 2020, avanço de 20%

30 de março de 2021 às 0h15

img
Nossa meta é ser a empresa mais desejada do País quando o assunto é ERP, diz Gomes | Crédito: leo Crosara

A mineira Sankhya, fornecedora de sistemas de gestão e pioneira no conceito de EIP (Enterprise Intelligence Platform), encerrou 2020 com um faturamento próximo a R$ 200 milhões, um aumento de 20% em relação a 2019. A expectativa para este ano é faturar um total de R$ 240 milhões a partir de um plano de expansão das unidades de negócio, que deve consumir um investimento de R$ 15 milhões, entre outras iniciativas.

A empresa também está anunciando uma novidade na comercialização do seu ERP. A partir de agora, a Sankhya passa a oferecer ao mercado a modalidade SaaS (Software As a Service), que dispensa a assinatura de licenças.

“Dessa forma, oferecemos mais uma opção para nossos clientes, que poderão ter flexibilidade na hora de escolher a melhor solução para gerir seu negócio, sem disponibilizar um grande investimento logo de imediato, já que o pagamento pode ser feito de acordo com o uso. Diante da instabilidade de mercado que estamos vivendo, isso fará uma grande diferença”, afirma o Diretor de Crescimento da Sankhya, Breno Riether Gomes.

Ele comenta os desafios para consolidar o novo modelo, elevando ainda mais a qualidade do atendimento que a Sankhya oferece hoje aos seus mais de 12 mil clientes espalhados em todo o Brasil, e que é considerada pelo mercado um dos seus grandes diferenciais competitivos. “Estamos otimizando nossos processos e nos preparando para reduzir ao máximo o tempo de implantação, visando ganhar escalabilidade e oferecer uma melhor experiência aos nossos clientes”.

Escalabilidade Visando ganhar escalabilidade e oferecer uma melhor experiência aos nossos clientes, a empresa planeja inaugurar 15 novas Unidades de Negócios nas principais regiões do Brasil, somando com suas 43 já existentes. “Com essa expansão, nos estruturamos para acelerar o ritmo de vendas e ganhar mercado em locais onde ainda não tínhamos presença física”.

Com todas essas novidades e também fortalecida pelo aporte de R$ 425 milhões recebido em 2020 do fundo soberano de Singapura, GIC, a Sankhya se prepara para um crescimento bastante agressivo que prevê atingir a marca de R$ 1 bilhão de faturamento em cinco anos. “Nossa meta é ser a empresa mais desejada do país quando o assunto é ERP”, finaliza o executivo.

Tags:
Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

Siga-nos nas redes sociais

Comentários

    Receba novidades no seu e-mail

    Ao preencher e enviar o formulário, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.

    Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

    Siga-nos nas redes sociais

    Fique por dentro!
    Cadastre-se e receba os nossos principais conteúdos por e-mail