Turismo em Minas Gerais avança 17,6%

Crescimento faz o Estado ser o 1º do setor no País e revela oportunidades de investimento

27 de outubro de 2023 às 0h23

img
A cidade de Ouro Preto é um dos destinos mais procurados no Estado | Crédito: Leonardo Morais

Minas Gerais segue se firmando como importante destino para o turismo brasileiro, aponta Núcleo de Estudos Econômicos da Fecomércio MG. Segundo a análise, o Estado alcançou um avanço de 17,6% até o mês de agosto.

O resultado coloca Minas na liderança com a maior taxa de crescimento do Brasil no volume de atividade turística, com evolução de 21,5% nos últimos 12 meses. A evolução, de acordo com o estudo, também é expressiva no desempenho obtido em agosto de 2023 frente a agosto de 2022, que foi de 10,7%. Na variação anual, o Estado supera o desempenho do País em 5,8 pontos percentuais.

Para Gilson Machado, economista da Fecomércio em Minas Gerais, os bons indicadores podem ser fruto de uma demanda reprimida no setor de turismo causada pela pandemia, que também pode ter despertado maior interesse das famílias por viagens, intensificando o volume da atividade.

Bons indicadores refletem melhoria do ambiente econômico

O economista ressalta que alguns indicadores macroeconômicos podem justificar o melhor desempenho do turismo em 2023. O primeiro é a melhoria da inflação, que está 4,12 pontos percentuais inferior aos últimos 12 meses. Em seguida, analisando a taxa básica de juros, a Selic, percebe-se uma redução, somando hoje 12,75% contra 13,75% no mesmo período do último ano.

Além disso, Machado destaca que atividade econômica do Brasil superou as expectativas de mercado no segundo trimestre do ano. Segundo ele, o País deve encerrar o ano de 2023 na casa de 2,92%, conforme projeção do boletim Focus.

“Podemos dizer que o crescimento do volume da atividade turística no Estado de Minas Gerais é reflexo de fatores como investimento, melhoria do ambiente econômico e a pluralidade turística encontrada em Minas, com características diversificadas ao longo das suas dez macrorregiões.”

Gilson Machado, economista da Fecomércio em Minas Gerais

Somado a esses fatores, houve também uma melhoria nos indicadores de desemprego e renda tanto no contexto nacional quanto no estadual no 2º semestre deste ano. “Isso tem refletido em mais pessoas no mercado de trabalho e com mais renda frente ao mesmo período do último ano”, argumenta o economista.

Oportunidade para o turismo mineiro

Os bons resultados colocam Minas Gerais como um dos mais importantes destinos turísticos do Brasil. Segundo a entidade, os indicadores são uma oportunidade, tanto de consolidar os destinos já conhecidos quanto para revelar novos locais e atrativos no Estado.

“Minas se destaca pela sua capacidade de encantar com a gastronomia, cultura, história e natureza, mas para alcançar patamares ainda maiores é preciso que as empresas do segmento procurem a melhoria contínua de seus serviços, alinhada a tendências de perfil de novos viajantes”, ressalta.

Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

Siga-nos nas redes sociais

Comentários

    Receba novidades no seu e-mail

    Ao preencher e enviar o formulário, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.

    Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

    Siga-nos nas redes sociais

    Fique por dentro!
    Cadastre-se e receba os nossos principais conteúdos por e-mail