Vila Galé revê investimento em Ouro Preto

Rede anunciou ontem, em coletiva de imprensa, que fará aporte de R$ 120 mi no resort que será instalado na região

29 de novembro de 2023 às 0h24

img
O Vila Galé Collection Ouro Preto será construído no distrito de Cachoeira do Campo e vai ocupar a área do antigo Quartel da Cavalaria das Minas, de 1779 | Crédito: Vila Galé/Divulgação

O investimento para a construção do Vila Galé Collection Ouro Preto dobrou de R$ 60 milhões para R$ 120 milhões. O anúncio foi feito ontem (28), durante coletiva de imprensa.

De acordo com o fundador e presidente da rede, Jorge Rebelo de Almeida, o empreendimento contará agora com 298 quartos.

“Esse hotel terá foco em eventos, com uma grande área para convenções, e também um atendimento especial às famílias. Queremos oferecer uma variedade de serviços e atrativos para atender os diferentes públicos e sermos condizentes com as belezas e riqueza da região”, explica Almeida.

O hotel, que fica no distrito de Cachoeira do Campo, vai ocupar a área do antigo Quartel da Cavalaria das Minas, fundado em 1779, contará com dois restaurantes, dois bares, sete salas de convenções, um auditório, uma capela, biblioteca, sala de jogos, Spa Satsanga com piscina interior aquecida e sauna, Clube Infantil NEP com parque aquático, lago, ecoturismo, tirolesa, biblioteca, plantio de azeitonas e uvas, entre outros atrativos.

“Enquanto fazíamos o projeto, vimos que poderíamos aproveitar ainda mais o terreno e incluímos novas atrações. O investimento aumentou em R$ 60 milhões, impactando não só a economia de Ouro Preto, como a do Estado. Nós acreditamos muito no potencial de Minas Gerais”, afirma.

Para o prefeito de Ouro Preto, Ângelo Osvaldo, o investimento representa não apenas a geração direta de empregos e o fluxo turístico aumentado, mas também a oportunidade de tornar a cidade e o Estado ainda mais conhecidos internacionalmente.

“É muito importante termos uma rede de bandeira internacional porque vai estimular novos fluxos de turistas do mundo inteiro que frequentam suas unidades na Europa e na América Latina”, avaliou Ângelo Osvaldo.

Nessa primeira fase, serão contratados 120 colaboradores. A expectativa é de que sejam todos da região.

“Em todos os nossos empreendimentos gostamos de formar a nossa mão de obra dando, especialmente, oportunidade para os jovens que buscam o primeiro emprego. É uma forma de contribuirmos com a sociedade e promover o desenvolvimento de profissionais capacitados que estejam conosco no futuro”, pontua o presidente do Vila Galé. Em matéria divulgada anteriormente pelo DIÁRIO DO COMÉRCIO, na edição de 18 de maio, o valor anunciado era de R$ 80 milhões.

Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

Siga-nos nas redes sociais

Comentários

    Receba novidades no seu e-mail

    Ao preencher e enviar o formulário, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.

    Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

    Siga-nos nas redes sociais

    Fique por dentro!
    Cadastre-se e receba os nossos principais conteúdos por e-mail