Cenários do agronegócio mineiro

7 de dezembro de 2023 às 0h16

img
Crédito: Marcus Desimoni/NITRO

Minas Gerais é o estado brasileiro mais diversificado nas culturas e criações e abriga 20,5 milhões de habitantes, abrange 58,6 milhões de hectares, 853 municípios, possui vocações e vantagens comparativas, climas e solos, e faz divisas com Goiás, Bahia, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo e Mato Grosso do Sul.

E mais, registra 607,6 mil estabelecimentos agropecuários, dos quais 441.314 (72,7%) são familiares, o que continua sendo estratégico na formulação das políticas públicas, acesso ao crédito rural como ferramenta de inovações no campo, finasintonia com os mercados interno e externo, inovações tecnológicas, e sejam elas quais forem geradas nos diversos “Centros de Inteligência” de Minas Gerais e do Brasil, e compartilhadas com quem planta e cria, abastece e exporta. Portanto, a tomada de decisão é conjuntural e face às complexidades do agronegócio ao demandar e difundir Ciência & Tecnologia nos cenários de campo!

Minas Gerais ocupa os seguintes lugares na produção de alimentos em relação ao Brasil; 1º lugar: café, alho, batata-inglesa, baroa, marmelo, ervilha, leite, vacas ordenhadas, equinocultura, ovos de codorna. No 2º lugar: abacate, feijão, laranja, limão, tangerina, sorgo, azeitona, banana, girassol, borracha(látex). No 3º lugar: abacaxi, amendoim, cana-de-açúcar, cebola, tomate, figo, urucum, ovos de galinha, tilápia. No 4º lugar: maçã, manga, pera, pêssego, pimenta do reino, suinocultura, mel, rebanho bovino. No 5º lugar: milho, mamão e trigo.

Numa série histórica, resumida, as exportações do agro mineiro foi de US$ 7,6 bilhões em 2010, US$ 15,1 bilhões, 2022, e US$ 11,9 bilhões, entre janeiro e outubro de 2023, neste caso, o café e a soja somam 65,1% do valor total exportado.

As exportações de carne bovina foram de US$ 318,6 milhões em 2010 para US$ 1,3 bilhão em 2022, sendo que janeiro a outubro de 2023 revelam US$ 783,7 milhões. A carne de frango foi de US$ 299,2 milhões em 2015 para US$ 335,8 milhões em 2022, e de janeiro a outubro de 2023já exportados US$ 312,3 milhões. Entre janeiro e outubro de 2023 (Seapa); 71 novos mercados externos foram abertos para o agro brasileiro na América, Ásia, África, Oceania e Europa, entre janeiro e outubro de 2023.

Além disso, a oferta mineira de grãos passou de 10,2 milhões de toneladas em 2010 para 17,1 milhões em 2022, e com previsão de 19,3 milhões de toneladas na safra 23/24, dado que poderá ainda ser alterado ao longo de 12 levantamentos, inclusive por fatores climáticos adversos como secas prolongadas ou chuvas em excesso nos diferentes ciclos produtivos das culturas de grãos, cereais e oleaginosas.

Ao longo dessas jornadas anuais nesse país continental e nos caminhos do abastecer e exportar, são gerados milhões de empregos, campo e cidades, novas pesquisas, segurança alimentar como política de governo, superávits externos substantivos e sequenciais, energia renovável, bioinsumos agrícolas e pecuários, tecnologias digitais, milhares de dissertações de mestrado e teses de doutorado no agro, ganhos genéticos sequenciais, cesta básica, agro notícias, reciclagem de embalagens diversas, entre outros sistemas conectados!

Nunca será demais ressaltar e comprovar a presença dos produtores mineiros através de eventos regionais, estadual, nacional e no exterior, e ao adotar tecnologias embarcadas nas ofertas de queijos artesanais, azeites extra virgem, cafés, cachaças artesanais finíssimas, e sem subestimar o pão de queijo que ganha também o mercado externo.

Pode-se presumir que a “Era do Petróleo” e demais combustíveis fósseis não acabarão num passe de mágica ou por decreto ao envolver interesses econômicos consideráveis e por ainda não ter sido descobertas mais jazidas.

São dezenas de produtos e subprodutos usados por esse mundo afora nos cinco continentes. A sustentabilidade exige trilhões de dólares em inovações e redução substantiva da dilapidação dos recursos naturais.

Quem pagará essa conta?

*Engenheiro agrônomo

Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

Siga-nos nas redes sociais

Comentários

    Receba novidades no seu e-mail

    Ao preencher e enviar o formulário, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.

    Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

    Siga-nos nas redes sociais

    Fique por dentro!
    Cadastre-se e receba os nossos principais conteúdos por e-mail