Pare de reclamar e seja protagonista de sua vida

17 de agosto de 2021 às 0h12

img
Crédito: Divulgação

Se existe algo que é extremamente chato nas relações humanas, são aquelas pessoas que reclamam de tudo. Não é verdade? Com certeza, você conhece alguém que, constantemente, está se lamuriando, culpando o outro pela vida que tem ou o sistema em que vive por não conquistar isso ou aquilo. Nas empresas, essas pessoas também estão presentes. Isso não é nada interessante para a organização, muito menos para a carreira do profissional, que está sempre sendo observado, não apenas pelo líder imediato, como também por pares e liderados. Dessa forma, a imagem do colaborador vai sendo construída. Aí eu te pergunto: ela está positiva ou negativa?

Usualmente, os “reclamões” são aqueles que dizem sempre que a corporação não dá visibilidade, que não crescem na carreira e não assumem posições de mais complexidade. Também há quem consiga reclamar de tudo. Sim! De tudo mesmo! Parece que nada dá certo para essas pessoas. Tudo é mais difícil; a vida dos outros é sempre melhor e mais interessante, mais glamourosa e feliz. Você é desse tipo que adora se queixar? Que tal tentar se policiar e eliminar esse hábito? Lembre-se de que ninguém gosta de ficar perto de gente que age dessa maneira.

Além disso, protagonismo é muito importante para todos que desejam êxito na profissão, independentemente da posição hierárquica que ocupem atualmente. Portanto, é essencial trocar a lamentação por uma ação. Afinal, ninguém, além de você, pode dar o direcionamento desejado para a sua vida. Isso vale tanto para o âmbito profissional, quanto para o pessoal. Ou seja, se está infeliz, o que pode ser mudado para transformar essa realidade? Quer subir na carreira? Para que isso seja possível, quais formações precisa aprimorar e que compromissos deveria assumir?

Quando se analisa o verbo reclamar, o prefixo “re” tem o significado de “duas vezes”. Logo, essa palavra quer dizer “clamar duas vezes”. Na Bíblia, existem várias passagens com a frase “ele clamou a Deus”. Em outros termos, ele pediu com muita força. Assim, aquela pessoa que reclama de problemas de saúde, por exemplo, está desejando, com muita vontade, em dobro, que eles aconteçam. O cérebro assimila isso. E sabe o que indivíduos frustrados, estagnados e mal sucedidos profissionalmente ou na vida pessoal têm em comum? Eles estão acostumados a reclamar.

Portanto, troque uma reclamação por uma ação. Caso algo esteja ruim, tente mudar. Se o trabalho não te faz feliz, procure descobrir o que pode ser feito para alterar essa situação. Se o seu dia está corrido demais, avalie novas formas de aproveitar mais o tempo. O trânsito é estressante? Então por que não sair mais cedo de casa? Gostaria muito de fazer uma viagem ao exterior? Comece logo a economizar! Tudo na vida tem solução, mas é extremamente importante mudar o olhar. Ao invés de focar nos problemas, valorize as bênçãos. No lugar de se preocupar com aquilo que não está dando certo, veja o que está proporcionando boas perspectivas.

Quando a pessoa é capaz de observar outros ângulos, consegue transformar os resultados. Nós já nascemos reclamando. Começamos a vida chorando e, depois, ainda bebês, aprendemos que, para demonstrar os sentimentos, como fome, continua sendo preciso chorar. Já diz o ditado: “quem não chora não mama”. Ao crescermos, nos damos conta de que, nem sempre, o choro ou a lamentação vai funcionar. Vale reforçar que a vida “dá mais do mesmo”, ou seja, se você reclama da falta de dinheiro, terá ainda mais falta de dinheiro.

Assim, com estruturas cada vez mais reduzidas nas corporações, sabe quem tende a ficar? Os profissionais bem preparados tecnicamente e com o máximo de competências e habilidades desenvolvidas. Isso envolve empatia, bom-humor, resiliência, boa comunicação e atitude. Atente-se a esses aspectos da próxima vez que ficar de “mi, mi, mi”, reclamando de qualquer coisa. Ao contrário, prefira agradecer! Voltando à Bíblia, há mais de 300 passagens que ensinam: “Em tudo, dai graças”! Quer dizer que, desde os primórdios, temos a receita para garantir uma vida melhor. Ao praticar a gratidão, a pessoa estimula áreas do cérebro que produzem determinadas substâncias, responsáveis por gerar prazer, alegria, amor e afeto, além de muitas outras que contribuem para o bem-estar geral.

Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

Siga-nos nas redes sociais

Comentários

    Receba novidades no seu e-mail

    Ao preencher e enviar o formulário, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.

    Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

    Siga-nos nas redes sociais

    Fique por dentro!
    Cadastre-se e receba os nossos principais conteúdos por e-mail