Mimulus Cia de Dança realiza espetáculo em BH

O espetáculo reúne os melhores momentos da trajetória, com coreografias que fizeram parte de sete espetáculos que integram o repertório do grupo

2 de fevereiro de 2024 às 5h10

img
Crédito: Daniel Vidal

A Mimulus Cia de Dança celebra 30 anos de história com uma apresentação única do espetáculo “Flores de Coragem – Mimulus 30 anos”, no próximo domingo (4), às 19h, no Grande Teatro do Palácio das Artes (avenida Afonso Pena, 1.537, Centro), integrando a programação da 49ª Campanha de Popularização Teatro & Dança. O ingresso custa R$ 25. A montagem foi criada em homenagem à Baby Mesquita, fundadora da Mimulus Cia de Dança, que faleceu em maio de 2022. Desde a criação da companhia, ela atuou como diretora, produtora e figurinista de diversas montagens, deixando um legado imprescindível para o grupo, além de uma contribuição inestimável para o cenário mineiro da dança.

O espetáculo reúne os melhores momentos da trajetória da Mimulus Cia de Dança, com coreografias que fizeram parte de sete espetáculos que integram o repertório do grupo, criados entre os anos 2003 e 2018 e que já passaram por mais de 80 cidades, de 14 países. Fragmentos marcantes nesse percurso que Baby Mesquita, de muitas formas, inspirou e possibilitou que fossem criados.

“O processo de concepção deste espetáculo surge a partir de um convite da Fundação Municipal de Cultura para que a gente fizesse uma exposição do acervo de figurinos e uma apresentação no Teatro Marília, em 2022, celebrando o aniversário de 30 anos da Mimulus Cia de Dança e 32 da escola. Essa exposição era um sonho antigo da minha mãe. Essa exposição foi o pontapé inicial para o desenvolvimento do espetáculo. Flores de Coragem – Mimulus 30 anos é uma montagem que reúne elementos de diversos espetáculos e também apresenta esses figurinos que fazem parte da história do grupo. Foi uma oportunidade muito gostosa poder revisitar criações antigas, mas ao mesmo tempo um trabalho muito complexo uma vez que temos um repertório muito vasto. O espetáculo é na verdade uma grande celebração da nossa história e termina como um baile levando os bailarinos para a plateia, em contato direto com o público. Temos certeza que será uma apresentação emociante tanto para a gente quanto para o público”, destaca Jomar Mesquita, diretor artístico e coreógrafo da Mimulus.

Mimulus é uma flor conhecida como a “planta da coragem”. Essa é a razão do nome, escolhido pela fundadora. Após 33 anos de escola e 30 anos de companhia, a Mimulus segue em atividade com diversos projetos, seguindo o propósito de Baby de utilizar a danças de salão como referência para a criação de uma dança com assinatura própria. Desta forma, o grupo compartilha de um lugar comum e coeso voltado para a pesquisa, criação, colaboração, experimentação e conexão entre dois corpos que dançam juntos.

Baby Mesquita se dedicou integralmente às artes por mais de três décadas. Foi a criadora por trás de todas as ações da Mimulus Cia de Dança, desde a concepção do projeto, conceito do grupo e também dos figurinos dos espetáculos que integram o repertório da Mimulus.

Dança de salão

Apaixonados pelo prazer proporcionado pelos bailes onde reinavam os passos da dança de salão, Baby e João Baptista Mesquita, tornaram-se professores e foram pioneiros no ensino da dança de salão deforma sistematizada em Belo Horizonte. Com a fundação da primeira escola de danças de salão e em seguida a Mimulus Escola de Dança – em 17 de novembro de 1990 – promoveram uma grande reestruturação metodológica no ensino das mesmas e acabaram por transformar a cultura das danças a dois em Minas Gerais.

Em 1992, foi formado então um grupo composto por oito crianças, alunos da Mimulus Escola de Dança. Esse grupo foi o embrião da Mimulus Cia de Dança, que se profissionaliza no ano 2000, com a formação da Associação Cultural Mimulus. Presidida por Baby Mesquita durante 22 anos, além de possibilitar a estrutura necessária para o funcionamento da Mimulus Cia de Dança, tornou-se responsável pela realização de importantes ações educativas e sociais, de formação artística e técnica; intercâmbios com outros grupos e profissionais; atividades de formação de público; intervenções urbanas; apresentações para escolares da rede pública de ensino; palestras para empresas; entre outras.

Desde os anos 90, a Mimulus Cia de Dança vem priorizando uma proposta singular de retomada do tradicional repertório das danças de salão, mas sempre com o olhar armado na contemporaneidade. Em seu lastro original da mineiridade, a sua base de apoio é Belo Horizonte, de onde vem irradiando seu ideal coreográfico de redescoberta inventiva de uma dança popular de raízes brasileiras.

Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

Siga-nos nas redes sociais

Comentários

    Receba novidades no seu e-mail

    Ao preencher e enviar o formulário, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.

    Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

    Siga-nos nas redes sociais

    Fique por dentro!
    Cadastre-se e receba os nossos principais conteúdos por e-mail