Acordo com Cemig vai gerar economia de R$ 9 mi nas contas de luz de empresa em Monlevade

Além do desconto significativo na fatura, instituição terá a garantia de energia limpa e renovável

1 de fevereiro de 2024 às 16h36

img
Crédito: Divulgação/Cemig

A Cemig e o Departamento Municipal de Águas e Esgotos (DAE) de João Monlevade assinaram, nesta quinta-feira (1/2), Contrato no Mercado Livre de Energia Varejista. Com o negócio, a empresa municipal de saneamento básico, que atende cerca de 32 mil clientes, vai economizar por volta de R$ 9 milhões na conta de luz.

A contratação realizada pelo DAE é na modalidade Desconto Garantido. Neste novo contrato, os clientes contratam um percentual de desconto garantido nos custos de energia, alcançando uma economia financeira significativa. Além disso, como um consumidor varejista, a Cemig será responsável por representar o DAE junto à Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), o que simplifica consideravelmente os processos no Mercado Livre de Energia.

O superintendente de Relacionamento com o Mercado Livre Varejista, Danilo Gusmão, destaca que o DAE terá benefícios que vão além da redução na fatura de energia. “A migração do DAE para o novo ambiente de contratação é uma grande novidade para a população de João Monlevade. Além de contratar o serviço de uma companhia que é referência no setor elétrico, o órgão terá o fornecimento garantido oriundo de geração limpa por meio de certificados de energia renovável.  Esse atributo de sustentabilidade adiciona valor às empresas contratantes e aos seus produtos, seguindo as premissas da atual agenda ESG (sigla em inglês para Environmental, Social and Governance)”, afirma.

O diretor do DAE, José Afonso Martins, destacou que a economia proporcionada pela migração ao Mercado Livre de Energia será revertida em melhorias do serviço para a população de João Monlevade.

“Este novo contrato no Mercado Livre de Energia será muito importante para o DAE e vai ampliar nossa parceria com a Cemig, que já vem de longa data. Além de conseguirmos um desconto significativo na fatura, vamos garantir aos nossos clientes que utilizaremos energia limpa, renovável e rastreável das principais hidrelétricas de Minas Gerais”, ressalta.

Desde a abertura do segmento varejista do Mercado Livre de Energia, a Cemig celebrou contratos com empresas de diversos segmentos, como a mineradora Sigma Lithium, a Tora Transportes e o Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae) de Uberlândia.

Pioneirismo

A autarquia monlevadense é a primeira a migrar ao Mercado Livre de Energia dentro da região do Médio Piracicaba e uma das cinco primeiras empresas de saneamento do estado de Minas Gerais. 

O prefeito de João Monlevade, Laércio Ribeiro, destacou a importância econômica que esse contrato vai gerar, refletindo positivamente em investimentos na área social do município. “Hoje não se faz nada no social sem pensar na economia primeiro. É necessário bem administrar qualquer recurso para termos a possibilidade de investir no social”, enfatizou.

Sobre o Mercado Livre de Energia

Uma das principais novidades do setor elétrico nos últimos anos, a abertura do Mercado Livre de Energia pode beneficiar cerca de 170 mil clientes do Grupo Tarifário A (atendidos em alta e média tensão), conforme dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Desde o início de 2024, as empresas podem ingressar neste segmento e obter descontos significativos na conta de energia.

O Mercado Livre de Energia permite que o cliente tenha liberdade na escolha na compra de energia, possibilitando negociar e adquirir o produto a preços inferiores aos do Ambiente de Contratação Regulado (ACR), também conhecido como “mercado cativo”. Com a aquisição da Energia Livre Cemig, pode-se ter até 35% de desconto na conta.

Até o fim do ano passado, o Mercado Livre de Energia era restrito apenas a grandes clientes, com faturas mensais de energia de valor maior que R$ 100 mil. Agora, supermercados, postos de gasolina, farmácias e pequenos comércios têm a possibilidade de fazer a migração e escolher a sua própria comercializadora. Neste tipo de ambiente, a Cemig é líder no Brasil e possui participação de, aproximadamente, 15%.

Para ampliar sua participação no Mercado Livre de Energia, a Cemig lançou o primeiro portal de e-commerce do Brasil, onde as empresas podem simular a economia através do consumo e contratar um plano de dois, três ou cinco anos de duração por meio do site.

Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

Siga-nos nas redes sociais

Comentários

    Receba novidades no seu e-mail

    Ao preencher e enviar o formulário, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.

    Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

    Siga-nos nas redes sociais

    Fique por dentro!
    Cadastre-se e receba os nossos principais conteúdos por e-mail