Micro e pequenas empresas correspondem a 35% do PIB de Minas

Estado conta com 2,312 milhões de pequenos negócios, que geram 65.116 empregos e impactam diretamente o PIB

4 de outubro de 2023 às 19h56

img
Souza e Silva: o encerramento desses negócios acarretaria uma grande crise econômica e alta do desemprego | Crédito: Alessandro Carvalho

Dados estratificados pelo Sebrae Minas revelam a importância das micro e pequenas empresas no cenário econômico de Minas Gerais. O Estado concentra 11% das empresas desse porte em todo o Brasil e, juntas, elas são responsáveis por 35% do Produto Interno Bruto (PIB) estadual. Além disso, esses negócios empregam mais de 2 milhões de pessoas, gerando uma massa salarial na ordem de R$ 27,9 bilhões.

No setor de comércio e serviços, que lidera o número de empresas ativas, o comércio varejista de vestuário e acessórios se destaca entre as 1.313 atividades econômicas cadastradas. Esses números, aliás, evidenciam a contribuição significativa das micro e pequenas empresas para a economia do Estado e reforçam a importância de oferecer suporte e capacitação para garantir a longevidade desses negócios.

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH) e o Sebrae Minas, por exemplo, investem no programa Transforma Minha Empresa para dar suporte aos micro e pequenos empresários. O programa é uma ferramenta gratuita que oferece a capacitação para os negócios de vários segmentos.

Entenda o programa “Transforma Minha Empresa”

“Essa ferramenta foi criada para ajudar empresários e empreendedores do setor de comércio e serviços. Com esse diagnóstico eles poderão entender os desafios e as oportunidades de gestão, aumentar sua competitividade e exercer um olhar minucioso em seu negócio”, destaca o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH) e do Conselho Deliberativo do Sebrae Minas, Marcelo de Souza e Silva.

“Além disso, os participantes estarão automaticamente aptos a ingressarem nas ações futuras do ‘Transforma Minha Empresa”, acrescenta.

Programa foi criado para socorrer as micro e pequenas empresas durante a pandemia de Covid | Crédito: Alisson J. Silva

Conforme já divulgado pelo DIÁRIO DO COMÉRCIO, o programa, lançado em agosto, é totalmente gratuito e compreende contribuir para um diagnóstico que possibilita compreender desafios e oportunidades de gestão, aumentando a competitividade no Estado.

Tenho uma micro empresa em Minas e quero participar

Para participar, é necessário preencher um formulário virtual, que abrange 43 perguntas em áreas como finanças, controle de caixa, inadimplência, margem de lucro, redes sociais, identidade visual e gestão de pessoas. Os participantes recebem o diagnóstico personalizado por e-mail em até 15 minutos. O documento confidencial contém sugestões de cursos e treinamentos gratuitos, oferecidos pelo Sebrae Minas, que são adaptados às necessidades específicas de cada empresa.

Dentre os negócios que podem ser beneficiados pelo programa, estão os da área de beleza e cuidados pessoais, ótica, moda e acessórios, gastronomia, papelaria e livrarias, negócios PET e empreendedorismo feminino.

A participação nessas atividades proporcionará acesso a ferramentas que promovem a diversidade e o intercâmbio de ideias, enriquecendo a experiência de mercado.

Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

Siga-nos nas redes sociais

Comentários

    Receba novidades no seu e-mail

    Ao preencher e enviar o formulário, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.

    Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

    Siga-nos nas redes sociais

    Fique por dentro!
    Cadastre-se e receba os nossos principais conteúdos por e-mail