Número de passageiros do BH Airport cresceu 10% em 2023

Passaram 10,5 milhões de pessoas no terminal em Confins

19 de janeiro de 2024 às 5h14

img
Somente neste mês, as estimativas da BH Airport são de receber 1 milhão de passageiros | Crédito: Pedro Nicoli /BH Airport

O Aeroporto Internacional de Belo Horizonte (BH Airport) fechou 2023 em 2º lugar no número de destinos domésticos com voos diretos (58), atrás apenas do aeroporto de Viracopos, no estado de São Paulo. Em 2023, o BH Airport obteve um crescimento de 10% no número total de passageiros em relação a 2022. Foram cerca de 10,5 milhões de pessoas que passaram pelo lugar, sendo a grande maioria – 69% – de passageiros locais. Em média, foram realizadas 258 decolagens por dia, segundo dados da concessionária do terminal mineiro.

Foram cerca de 13,4 milhões de assentos ofertados, 10,5% a mais que 2022. Além disso, o aeroporto atingiu um novo marco no ano passado: ofereceu voos para todas as capitais do Nordeste. O BH Airport também foi o único terminal do Sudeste a ter voos para Guanambi (BA), Lençóis (BA) e Parnaíba (PI).

O diretor de Operações do BH Airport, Herlichy Bastos, comenta que a concessionária está empenhada em ampliar a conectividade do aeroporto no País e no mundo. “Abrimos 2024 anunciando a parceria firmada com a Sky Airline, companhia aérea low cost chilena, que vai inaugurar o primeiro voo a baixo custo para Santiago, no Chile, no dia 15 de junho, e já disponibilizou a venda das passagens pelo site”, conta.

BH Airport espera 1 milhão de passageiros este mês

Julho foi o mês de maior movimentação no terminal mineiro. Foram 932,2 mil passageiros que embarcaram e desembarcaram no aeroporto, com mais de 34 mil nos dias 14, 21 e 24. Já em relação ao fluxo de aeronaves, outubro foi o mês com maior número de partidas (8,7 mil). Nos dias 16 e 31, foram mais de 295 operações diárias.

A estimativa da BH Airport é receber cerca de 1 milhão de passageiros no terminal em janeiro, alta de 2,3% em relação ao mesmo mês do ano passado. Estão previstas 8,4 mil operações de aeronaves neste período, um crescimento de 6% em comparação a janeiro do ano anterior.

Mais rotas internacionais

O número de destinos internacionais quadruplicou no ano passado. Em março, a Avianca lançou voo para Bogotá, na Colômbia. Em junho, foi a vez da Azul inaugurar rotas para Curaçao, no Caribe, e Fort Lauderdale, nos Estados Unidos. Já em setembro, a mesma companhia iniciou nova rota para Orlando. “De forma inédita, promovemos a operação internacional de todas as empresas aéreas brasileiras no terminal”, revela Herlichy Bastos.

No mês de outubro, a Latam começou a operar voos para o Chile. Pro fim, em dezembro, a Gol inaugurou uma rota para Buenos Aires, na Argentina. Esta última, a princípio, é uma conexão sazonal. Deverá estar disponível até 17 de fevereiro.

Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

Siga-nos nas redes sociais

Comentários

    Receba novidades no seu e-mail

    Ao preencher e enviar o formulário, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.

    Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

    Siga-nos nas redes sociais

    Fique por dentro!
    Cadastre-se e receba os nossos principais conteúdos por e-mail