Itabira vai lançar plano para a diversificação econômica

Plano construído com auxílio de consultoria internacional será oficialmente apresentado nesta quinta-feira

29 de novembro de 2023 às 11h32

img
Nesta quinta-feira, acontecem a assinatura de um acordo de cooperação entre a Prefeitura de Itabira e a Vale e uma reunião pública envolvendo a comunidade | Crédito: Alair Vieira

Pensar na diversificação da economia do município e se preparar para o futuro pós-mineração são as principais metas do Plano Itabira Sustentável, que será lançado nesta quinta-feira, no município da região Central de Minas Gerais. Construído desde o primeiro ano da atual gestão municipal, o plano reúne 61 projetos com programas de curto, médio e longo prazos, em áreas estratégicas para a estruturação e desenvolvimento social e econômico da cidade.

A Prefeitura de Itabira preparou uma programação dividida em dois momentos para apresentar o plano. A partir das 15h, no auditório da Fundação Comunitária de Ensino Superior de Itabira (Funcesi), a prefeitura e a Vale assinam o Acordo de Cooperação Técnica para elaboração, implementação e formação da estrutura de governança do Itabira Sustentável. Em seguida, às 18h30, no teatro da Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade (FCCDA), será realizada uma reunião pública para apresentação dos projetos à comunidade.

O prefeito de Itabira, Marco Antônio Lage, destaca que a urgência pelo fim da mineração com a consequente diversificação econômica do município foi o pontapé inicial do Itabira Sustentável e que o plano foi elaborado com todo cuidado necessário. “Estamos falando de um plano que vai preparar a cidade para o seu momento mais decisivo. Por isso procuramos a Vale, propusemos essa construção em parceria e tivemos a aceitação por parte da empresa. Temos a exata noção de que estamos propondo um planejamento histórico, não só pela própria necessidade, mas por sua amplitude e sua capacidade de transformação. É um movimento muito firme em direção de uma nova Itabira”, afirma. 

Não é de hoje que a cidade corre contra o tempo para encontrar alternativas econômicas que diminuam o impacto do fim da exploração de minério de ferro pela Vale. No ano passado, em entrevista ao DIÁRIO DO COMÉRCIO, além do Plano Itabira Sustentável, o prefeito citou outras ações da prefeitura na busca pela diversificação do município. O Plano de Metas “Itabira Agora” foi apresentado oficialmente à comunidade no início do último trimestre de 2021, com uma lista de programas, projetos e metas a serem trabalhados até 2024. O Plano Plurianual (PPA) é um instrumento legal também com programas a serem desenvolvidos, mas que estipula as ações até 2025. 

Com projeções da Vale de que as minas exploradas na cidade devem ser esgotadas até 2031, o prefeito já alertava para a dependência econômica em relação à mineração. “Infelizmente, este é o maior problema que o município tem a resolver. Há anos se fala de exaustão mineral em Itabira, mas muito pouco ou quase nada foi feito para garantir a diversificação. Estamos correndo contra o tempo, e nem é uma força de expressão”, lembrou na ocasião.

Prefeito de Itabira, Marco Antônio Lage | Crédito: Prefeitura de Itabira/Divulgação

Construção coletiva pela diversificação para o pós-mineração

Fruto de diálogo entre a Prefeitura de Itabira e a Vale, o Itabira Sustentável teve início em 2021 com encontros, definição de metodologia, escuta de setores estratégicos, seleção dos projetos e todo o detalhamento necessário para tornar as metas exequíveis. O plano, que conta com a consultoria da Arcadis, empresa especializada em projetos de desenvolvimento sustentável, avançou nos anos seguintes com discussões em grupos temáticos, formados por representantes da prefeitura, da mineradora e de entidades da sociedade civil. 

Para o diretor de gestão de territórios da Vale, Marcelo Klein, o plano representa um olhar cuidadoso da gestão pública para o futuro socioeconômico sustentável do município, com protagonismo dos itabiranos. “A Vale, como uma das principais interessadas em deixar um legado sustentável para Itabira, é uma das entidades que compõem o comitê tripartite, que tem como objetivo fundamental a abertura para a participação social e o empoderamento do município. A companhia, desde 2021, tem feito investimentos consistentes no âmbito do programa, como a ampliação da Unifei e apoio à instalação da faculdade de Medicina, na Funcesi, além do financiamento de projetos culturais, dentre outros”, reforça.

unifei-itabira-diversificacao
Construção do prédio de aprendizagem 06 no campus da Unifei em Itabira | Crédito: Secretaria Municipal de Obras, Transportes e Trânsito de Itabira

Entre os projetos que já estão em andamento estão as fábricas sociais para produção de uniformes, fraldas e absorventes, a construção dos novos prédios da Unifei Itabira, os projetos para requalificação do Centro Histórico e de construção do novo Distrito Industrial, as tratativas para duplicação de rodovias e a Faculdade de Medicina da Funcesi. Divididos em 15 eixos estratégicos, os projetos foram estruturados a partir das potencialidades de Itabira para o desenvolvimento econômico e o desenvolvimento social. 

O andamento do programa será acompanhado por um Comitê Gestor, com membros da Prefeitura, da Vale, da sociedade civil, faculdades e empresas da cidade. Esse acompanhamento é fundamental para garantir a perenidade do plano, independente de quem esteja na gestão municipal, como explica o secretário executivo do Itabira Sustentável, engenheiro José Maciel Paiva. “A criação do Comitê Gestor Tripartite, nessa etapa do Plano Itabira Sustentável, é um passo importante na incorporação de diversos setores da sociedade civil de Itabira. Desta forma, assegura-se a representatividade de áreas distintas, possibilitando maior engajamento de diversas áreas no planejamento e execução dos projetos que virão tornar Itabira uma cidade sustentável e melhor para se viver”, diz.

Tags:
Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

Siga-nos nas redes sociais

Comentários

    Receba novidades no seu e-mail

    Ao preencher e enviar o formulário, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.

    Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

    Siga-nos nas redes sociais

    Fique por dentro!
    Cadastre-se e receba os nossos principais conteúdos por e-mail