Bolsa de valores: ações de energia e bancos podem performar bem

Especialistas consultados pelo DIÁRIO DO COMÉRCIO estimam que fechamento do ano não deve supreender o mercado

7 de dezembro de 2023 às 0h24

img
No rally de final de ano, tradicionalmente é observado uma movimentação positiva dos ativos | Crédito: Adobe Stock

Apesar do otimismo para o desempenho da bolsa de valores, em dezembro, especialistas recomendam cautela aos investidores que devem manter a diversificação dos investimentos. Uma análise para definir o perfil também é considerada essencial para quem quer apostar na bolsa. Para quem quer investir na renda variável, ações dos setores de energia, bancos e empresas dolarizadas podem ser boas apostas. Aportes em renda fixa também trazem mais segurança.

Conforme explica o assessor na iHUB Investimentos, Lucas Sharau, à medida que o final do ano se aproxima, investidores de todo o mundo se voltam para as movimentações do mercado em dezembro.

“É o período marcado pelo tão comentado “rally de final de ano”, fenômeno que desperta grande interesse entre os investidores. Tradicionalmente, observa-se uma movimentação positiva nos preços dos ativos durante esse período, impulsionada por uma série de fatores. Entre eles, destacam-se a revisão de portfólios, o pagamento de bônus e a busca por resultados anuais positivos”.

Contudo, Sharau ressalta que é crucial compreender que esta tendência não é garantida, e a operação no mercado neste momento é repleta de riscos. Assim, para o investidor a melhor opção é manter a diversificação dos aportes.

“Operar no mercado de renda variável em dezembro pode ser muito arriscado, uma vez que pode haver uma inesperada mudança nas convicções macroeconômicas ou até o tão esperado rally pode nem acontecer. Portanto, a diversificação permanece como a melhor estratégia para mitigar esses riscos”.

Renda fixa e ações da bolsa de valores

Para Sharau, no período, a sugestão é uma abordagem mais cautelosa incluindo principalmente alocações em renda fixa, aproveitando as atuais altas taxas de juros do mercado como um todo. “É consenso entre especialistas no mercado que há uma tendência global de queda nas taxas de juros a partir do próximo ano, tornando as oportunidades atuais particularmente atrativas”.

Para os investidores mais inclinados à renda variável, a seleção de setores perenes, sólidos e fundamentais é crucial. “Empresas que possuem robustez frente a intervenções estatais são preferíveis, garantindo uma base mais segura para seus investimentos”.

Definição de perfil é importante para investidor que quer apostar nas ações da bolsa de valores 

O especialista da Valor Investimentos, Charo Alves, explica que, para o investidor, é importante entender em qual perfil ele se encaixa, porque isso vai ditar a melhor classe de ativos que ele vai ter conforto em carregar no longo prazo e vai, minimamente, manter a organização da carteira com as mudanças de cenário.

Conforme Alves, se o investidor está desenquadrado em relação a esse perfil, ele tende a tomar decisões ruins, com base mais na emoção ou no medo do que, de fato, seguir uma estratégia proposta. 

“Então, acho que a primeira peculiaridade que o investidor tem que seguir seria essa questão do perfil. Ele precisa entender, consultar, de repente, um assessor de investimentos para ter uma noção boa de qual perfil ele se encaixa. Além disso, a diversificação é um ótimo caminho”.

Em dezembro, entre as ações que podem ser interessantes na bolsa de valores, dependendo do perfil, Alves indica o segmento de ações com foco em dividendos, empresas geradoras de caixa, geralmente, empresas com patrimônio elevado.

“São opções que evitam sustos no meio do caminho e faz com que você tenha capacidade de comprar mais caso elas caiam com mais conforto. Naturalmente, irá fortalecer a geração de juros compostos, via dividendos e via aumento de capital com aporte. Focar em uma diversificação setorial, por exemplo, do setor de energia elétrica, do setor de algumas commodities, setor bancário, buscar empresas dolarizadas que tem exposição global. Eu acho que nessa linha a gente consegue uma carteira diversificada”.  

Expectativas são favoráveis

Quanto às expectativas, as mesmas são favoráveis. Alves acredita que o fechamento do ano será dentro do esperado.

“A bolsa reagiu bem com os dados macros. Os dados externos divulgados reforçaram a tendência de uma manutenção de juros lá fora. Isso é bom para a gente porque reforça a tese de uma Selic menor. A bolsa está reagindo em relação a isso, e a gente tem um desconto embutido muito grande em relação a múltiplos de bolsa, de empresas. Esse desconto ainda está longe de ser capturado e a gente precisa realmente de um reforço de uma tese de uma inflação menor lá fora para que isso aconteça”.

Para o assessor de investimentos da WIT Invest, Andre Yano, as expectativas para o final do ano, em uma perspectiva otimista, é de um Ibovespa por volta de 150 mil pontos. Na perspectiva mais realista, mais pé no chão, em torno de 130 mil pontos e uma perspectiva pessimista, algo em torno de 90 mil pontos.

“Em dezembro, a gente costuma assistir um rally das bolsas. A gente viu esse rally sendo antecipado em novembro, quando a bolsa andou 11,5%. Isso acabou antecipando as altas dos papéis, ocasionado, principalmente, por uma entrada bem importante dos estrangeiros no Brasil. Os investimentos de fora ficaram em torno de R$ 86 bilhões, gerando, então, uma alta severa da bolsa de valores de 11,5%”. 

Dentre os setores da economia que estão valorizados neste mês, Yano destaca os setores de educação, varejo e de construção. “Esses três setores puxaram cada um deles em torno de 20% de alta e, isso, foi bastante importante para a manutenção da alta da bolsa de valores”.

Icone whatsapp

O Diário do Comércio está no WhatsApp.
Clique aqui e receba os principais conteúdos!

Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

Siga-nos nas redes sociais

Comentários

    Receba novidades no seu e-mail

    Ao preencher e enviar o formulário, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.

    Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

    Siga-nos nas redes sociais

    Fique por dentro!
    Cadastre-se e receba os nossos principais conteúdos por e-mail