Chocolate e panetone são os presentes mais procurados no Natal

Estudo identificou tendências que podem ajudar nas vendas de fim de ano

30 de novembro de 2023 às 18h27

img
Crédito: Adobe Stock

Com a chegada das festas natalinas, o brasileiro vai às compras dos presentes para a data, que é tão esperada e benéfica para o comércio. Dentro desse contexto, três categorias se destacam neste exercício: higiene & beleza, chocolate e panetone. Juntas, elas somaram R$ 1,7 bilhão em presentes no último Natal. 

Neste sentido, pesquisa da Kantar apontou que 18% do faturamento da cesta de Higiene & Beleza em dezembro do último ano foi relativo a presentes, em relação à cesta de chocolates 17% dos indivíduos receberam algum presente relacionado à iguaria. A melhora na economia, com a menor taxa de desemprego desde 2014, e do oitavo resultado trimestral positivo consecutivo do Produto Interno Bruto (PIB) estão entre os motivos que explicam o impacto positivo nas compras de fim ano.

“Os canais de compra devem levar em conta que dezembro é um mês em que há diversos estímulos além da média – férias, festas, compromissos, comunicação in e outdoor, on-line e off-line, presentes, entre outros. Nesse sentido, não apenas preço, mas conveniência, rapidez e sortimento adequado podem fazer a diferença na disputa pela preferência do consumidor”, ressalta a Gerente de Marketing da Kantar, Luisa Teruya.

Entendendo as tendências, o varejo pode se preparar para a venda nos setores que mais agradam o consumidor nesta época do ano. A compra de panetones, por exemplo, tem sido um sucesso de crescimento nos últimos três natais, segundo o estudo. O símbolo do Natal, entre 2020 e 2021, apresentou alta de 76% em consumo, reflexo da recuperação pós-confinamento. E entre 2021 e 2022, a venda do produto teve mais 3% de aumento.

O tradicional panetone de frutas, foi líder e avançou continuamente entre as opções de presente. Em 2022, apresentou 44,9% de importância. A maior parte dos panetones comprados para presente (48%) na última comemoração se concentrou em tamanhos de 500 gramas ou mais, com destaque para versões recheadas ou com cobertura.

Já os chocolates, no último ano, fizeram sucesso com 24,6 milhões de pessoas que receberam o doce de presente. Uma média 360 gramas por pessoa e o equivalente a R$ 18,87. Os maiores gastos foram direcionados aos bombons. 

Na área da beleza e higiene, 9,7 milhões de pessoas ganharam lembrancinhas da categoria. Cada uma recebeu, em média, 3 ou 4 unidades e o equivalente a R$ 84,27. Os maiores gastos nesta área foram no setor Perfumaria- 47,2% de importância em valor em dezembro de 2022- e a Creme Corporal (17,5%). 

*Estagiária sob supervisão da edição

Icone whatsapp

O Diário do Comércio está no WhatsApp.
Clique aqui e receba os principais conteúdos!

Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

Siga-nos nas redes sociais

Comentários

    Receba novidades no seu e-mail

    Ao preencher e enviar o formulário, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.

    Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

    Siga-nos nas redes sociais

    Fique por dentro!
    Cadastre-se e receba os nossos principais conteúdos por e-mail