COTAÇÃO DE 14/05/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,2710

VENDA: R$5,2710

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,2700

VENDA: R$5,4330

EURO

COMPRA: R$6,3961

VENDA: R$6,3990

OURO NY

U$1.843,90

OURO BM&F (g)

R$311,62 (g)

BOVESPA

+0,97

POUPANÇA

0,2019%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

INTERNACIONAL Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assina plano de tarifas contra China na Casa Branca, em Washington22/03/2018 Jonathan Ernst / REUTERS

Washington – A administração Trump buscou a China para uma nova rodada de negociações comerciais, enquanto se prepara para aplicar tarifas punitivas sobre US$ 200 bilhões em produtos chineses, disseram ontem duas pessoas familiarizadas com o assunto.
Autoridades lideradas pelo secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, enviaram recentemente um convite às suas contrapartes chinesas, incluindo o vice-premiê Liu He, para realização de um novo encontro bilateral sobre comércio.

A data e o local da reunião proposta não estavam claros, disseram as fontes. Representantes de segundo escalão dos Estados Unidos (EUA) e da China se reuniram dias 22 e 23 de agosto, sem chegarem a um acordo.

PUBLICIDADE

Um porta-voz do departamento do Tesouro não respondeu imediatamente aos pedidos de comentários.

O convite foi inicialmente divulgado pelo Wall Street Journal. Um encontro entre funcionários de alto nível poderia reduzir preocupações do mercado sobre a escalada de guerra tarifária que ameaça envolver todo o comércio entre as duas maiores economias do mundo e elevar custos para empresas e consumidores.

Cenário – Até o momento, os Estados Unidos e a China impuseram tarifas a US$ 50 bilhões em produtos um do outro, em uma disputa sobre as demandas dos EUA para que a China promova grandes mudanças de política econômica, incluindo o fim das políticas de joint venture e transferência de tecnologia, reduzindo os programas de subsídio à industria e protegendo melhor a propriedade intelectual americana.

Na semana passada, o presidente Donald Trump afirmou que, além de preparar tarifas sobre outros US$ 200 bilhões em produtos chineses, ele tinha tarifas sobre outros US$ 267 bilhões em produtos prontas para aplicação em curto espaço de tempo, “se eu quiser”.

Grupos empresariais dos Estados Unidos vêm elevando sua luta contra as tarifas de Trump, com mais de 60 grupos setoriais lançando uma coalizão para pressionar politicamente a administração Trump a buscar alternativas às tarifas. (Reuters)

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

CONTEÚDO RELACIONADO

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!