COTAÇÃO DE 26/11/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,5950

VENDA: R$5,5960

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,6300

VENDA: R$5,7570

EURO

COMPRA: R$6,3210

VENDA: R$6,3222

OURO NY

U$1.792,60

OURO BM&F (g)

R$322,88 (g)

BOVESPA

-3,39

POUPANÇA

0,4620%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Economia

Governo de Minas anuncia R$ 200 milhões para a construção do novo Hospital Eduardo de Menezes

COMPARTILHE

POR

Crédito: Marco Evangelista / Imprensa MG
Crédito: Marco Evangelista / Imprensa MG

Governo de Minas anunciou, na manhã desta terça-feira (23/11), o investimento de R$ 200 milhões para a construção do novo Hospital Eduardo de Menezes (HEM). A nova unidade do hospital, que é referência no tratamento de doenças infectocontagiosas e desempenha papel fundamental no enfrentamento da pandemia da covid-19 em Minas, passará a funcionar no bairro Gameleira, em Belo Horizonte.

O novo hospital contará com 155 leitos, distribuídos em 110 de enfermaria; 10 de terapia intensiva; 15 de terapia semi-intensiva; 10 no hospital-dia; e 10 leitos na Unidade de Decisão Clínica (UDC). A previsão é que a construção dure de dois a três anos.

PUBLICIDADE

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, destacou o papel do hospital para o Estado e a importância do investimento. “O Estado, por meio do acordo da tragédia em Brumadinho, está investindo um valor expressivo para que esta nova unidade seja construída. Lembrando que, a unidade atual já tem 67 anos, e foi adaptada. Vale ressaltar que o Eduardo de Menezes foi o primeiro hospital do Brasil com dedicação exclusiva aos pacientes de covid-19, no início da pandemia. Um trabalho essencial para Minas se destacar entre os estados com os melhores desempenhos de enfrentamento à doença. A Saúde de Minas Gerais há décadas não recebe investimentos dessa magnitude”, frisou.

O Termo de Reparação visa reparar integralmente os danos decorrentes do rompimento das barragens da Vale S.A. em Brumadinho, que vitimou fatalmente 272 pessoas e gerou uma série de impactos sociais, ambientais e econômicos na bacia do Rio Paraopeba e em todo o Estado de Minas Gerais.

Avanços

O investimento transformará o Eduardo de Menezes em um hospital com as técnicas mais avançadas no mundo em epidemiologia. A nova unidade será idealizada em uma estrutura que possibilita a rápida adaptação, com a possibilidade de oferecer um hospital do tipo “campanha” nas áreas de estacionamento, ampliando a capacidade de leitos para 300.

Marco Evangelista / Imprensa MG

Além disso, leitos de internação podem se tornar leitos de Terapia Intensiva e a estrutura de atendimento pode ser alterada para cumprir fluxo para protocolos que exigem isolamento. O HEM ampliará também as linhas de ensino e pesquisa multidisciplinar e os serviços de diagnóstico laboratorial e de imagem.

A nova unidade será construída com projeto arquitetônico seguindo as referências mais modernas no mundo e representa um importante marco para a saúde pública do Estado de Minas Gerais. Com inovação, planejamento e novos processos assistenciais, o hospital alcançará os melhores resultados, conciliando a alta tecnologia, a flexibilidade e a sustentabilidade em prol da melhoria da saúde pública.

O secretário de Estado de Saúde, Fábio Baccheretti, reforçou que, a partir da experiência aprendida com a covid-19, é preciso adequar os serviços para que tenham capacidade de resposta mais rápida diante de cenários críticos no contexto da saúde pública. “A pandemia exigiu inúmeras discussões sobre a necessidade de repensar as estruturas hospitalares. Por isso, o projeto do novo Eduardo de Menezes foi pensado para ser mais eficiente e ágil em sua capacidade de atendimento, quando acionado em calamidades sanitárias”, analisou.

Principais premissas do projeto arquitetônico:

●  Unidade Híbrida: espaços mutáveis, rápida resposta às emergências e agravos, trabalhando a tecnologia a favor;
●  Fluxos dinâmicos: com possibilidade de mudanças de fluxos e capacidade conforme necessidade;
●  Espaços de fácil manutenção e alta tecnologia;
●  Eficiência Energética e Sustentabilidade; como por exemplo unidade paper free;
●  Filtragem do ar, controle de pressão e umidade;
●  Climatização natural x climatização artificial;
●  Laboratórios de alta tecnologia de análise e resposta, unidades plataforma integrados aos laboratórios públicos do Estado

Enfrentamento à covid-19

De janeiro de 2020 a 10/11/2021, o Hospital Eduardo de Menezes recebeu 4.859 pacientes com suspeitas de covid-19. Desses, 2.431 foram confirmados para a doença. A unidade registrou 1.533 altas hospitalares entre os que testaram positivo e 148 transferências. 

Do total de pacientes com covid-19, 36% foram admitidos em leitos de terapia intensiva, o que representa um total de 886 casos. Entre os casos confirmados recebidos na terapia intensiva, 82% tinham, pelo menos, uma comorbidade. A média de idade atendida na unidade foi de 58 anos.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!