COTAÇÃO DE 27/05/2022

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$4,7380

VENDA: R$4,7380

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$4,8300

VENDA: R$4,9460

EURO

COMPRA: R$5,0781

VENDA: R$5,0797

OURO NY

U$1.853,86

OURO BM&F (g)

R$284,80 (g)

BOVESPA

+0,05

POUPANÇA

0,6462%

OFERECIMENTO

Economia

Mais de 370 mil pessoas serão beneficiadas por programa de Inclusão Digital da PBH

COMPARTILHE

Coletiva na Prefeitura de Belo Horizonte
Para a implantação do projeto serão gastos cerca de R$ 45 mihões. Crédito: Amira Hissac/PBH

A Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) apresentou, nesta quinta-feira (02), o programa Inclusão Digital BH, que pretende levar 2.100 pontos de acessos gratuitos à internet  a 218 vilas, favelas e conjuntos habitacionais da Capital. O projeto, o qual beneficiará mais de 370 mil cidadãos e 45 mil crianças, também ofertará cursos de formação e capacitação na área de Tecnologia da Informação (TI).

O investimento para a implantação do programa será em torno de R$ 45 milhões. O projeto piloto foi realizado na Vila do Índio, em Venda Nova, no vetor norte de Belo Horizonte.

PUBLICIDADE




Outros R$ 45 milhões foram gastos pela secretaria de educação na compra de tablets para a população, sendo que 35 mil crianças já receberam os aparelhos.

A previsão, segundo Leandro Garcia, diretor-presidente da Empresa de Informática e Informação do Município de Belo Horizonte (Prodabel), é que o projeto seja iniciado em 70 comunidades até fevereiro de 2022 e, em dois anos, todas as demais sejam contempladas com o programa. 

Cursos de formação e capacitação

Com o objetivo de formar e capacitar profissionais serão ofertadas 15.790 vagas de cursos na área de Tecnologia da Informação (TI). Além disso, a Prefeitura implantará nove centros de referência em inclusão digital, um em cada regional. 

Leandro Garcia ressalta que Belo Horizonte é um polo importante de empresas de tecnologia e quer formar profissionais na área é fundamental. 

PUBLICIDADE




“Uma meta ousada, importante, mas ao mesmo tempo factível, é fazer de Belo Horizonte o maior polo de mão de obra de TI do Brasil”, destaca o diretor da Prodabel.

*Estagiário supervisionado por Will Araújo

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!