COTAÇÃO DE 01/12/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,6700

VENDA: R$5,6710

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,6870

VENDA: R$5,8270

EURO

COMPRA: R$6,3654

VENDA: R$6,3672

OURO NY

U$1.779,55

OURO BM&F (g)

R$322,58 (g)

BOVESPA

-1,12

POUPANÇA

0,4412%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Especial: diálogos DC Negócios

DIÁLOGOS DC | Construtoras investem em eficiência energética

COMPARTILHE

Crédito: Pixabay

O uso de tecnologias sustentáveis é uma preocupação cada vez maior para as construtoras. A captação e geração de energia limpa e a instalação de sistemas para a reutilização de recursos hídricos estão entre as principais iniciativas utilizadas nos empreendimentos imobiliários para otimizar o uso dos recursos naturais.

Pensado desde o começo do projeto para oferecer esse tipo de tecnologia, o Residencial Kadosh, da RKM Engenharia, está localizado no Vale do Sereno, em Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte e é o primeiro da América Latina a receber o selo Casa Sustentável, concedido pelo Instituto Mundial de Construção Saudável.

PUBLICIDADE

O residencial tem aquecimento solar com apoio a gás e sensores de iluminação nas áreas comuns, que ajudam na redução do consumo de energia. O sistema de reutilização de águas pluviais, assim como medições individualizadas de água potável, promove a economia da água. Além disso, a localização e inclinação do prédio foram pensadas de maneira a otimizar a iluminação e ventilação naturais e o telhado verde diminui a sensação térmica das garagens.

De acordo com a diretora da RKM Engenharia, Adriana Bordalo, a construtora usou todos os métodos construtivos e tecnologias relacionados à energia sustentável disponíveis no residencial. Ela ressalta também que os clientes têm feito opções de compra consciente, levando em consideração a sustentabilidade dos produtos e serviços.

“Desde o projeto até os materiais aplicados no empreendimento, pensamos na sustentabilidade. Preservar é uma necessidade do planeta e do ser humano e sentimos que ao agregar valor ao produto utilizando esses sistemas alcançamos clientes que estão cada vez mais preocupados, buscando empresas com uma cadeia sustentável e produtos conscientes”, afirma.

Nesse mesmo caminho, a AP Ponto, construtora e incorporadora que atua na construção de empreendimentos do programa “Minha Casa Minha Vida”, tem investido em condomínios sustentáveis. A principal iniciativa é a ampliação dos sistemas para a captação de energia solar, atualmente instalados em oito empreendimentos da empresa em Belo Horizonte e na RMBH.

Segundo o engenheiro da AP Ponto, Felipe Freitas, as placas fotovoltaicas podem proporcionar uma redução de até 87% nos gastos mensais com energia elétrica nas áreas comuns dos prédios, além de utilizarem de um recurso inesgotável para a geração dessa energia.

“A tendência do mercado é a sustentabilidade com foco na energia limpa. Nesse sentido, temos uma resposta positiva dos nossos clientes e a energia fotovoltaica tem se mostrado um marketing bom para a empresa”, pontua Freitas, que conta também que, até o final do ano, estão previstos mais dois lançamentos da empresa, um em Belo Horizonte e outro em Betim.

LEIA TAMBÉM:

Diálogos DC: acesso a serviços básicos ainda é desafio

Diálogos DC: projeto em MG promove uso sustentável da energia

Diálogos DC: serviço de esgotamento sanitário é deficiente

Diálogos DC: falta de acesso a água potável ainda é uma realidade no Brasil

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!