Venda pela internet ainda não é realidade na maioria dos supermercados
Crédito: Reprodução

Assim como a Inteligência Artificial tem ajudado a saúde durante o combate no Covid-19, a tecnologia também tem funcionando para os e-commerces e consumidores durante compras online.

Com o distanciamento social, shoppings e lojas encerram temporariamente suas vendas físicas, mas permanecem com vendas em plataformas digitais. Segundo um levantamento da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (Abcomm), alguns varejistas registraram aumento de 180% nas vendas de produtos das categorias alimentos, bebidas, saúde e higiene pessoal desde 12 de março. 

A GoBots – startup que automatiza os processos de vendas online – adaptou o seu “Robô Vendedor” que possibilita que os e-commerces e marketplaces atendam clientes de forma rápida e totalmente automática, para responder perguntas e tirar dúvidas de consumidores sobre vendas de produtos e formas de entrega, durante a pandemia do coronavírus.

Atendendo mais de 150 clientes como Livraria Saraiva, Fast Shop, Acer, Electrolux, L’Oréal, o robô de inteligência artificial consegue tranquilizar clientes sobre prazos e entregas, e principalmente como são feitos os envios pelos lojistas. 

Além disso, a tecnologia possibilita a recomendação de produtos. O robô pode prever a demanda por estoque conforme seu treinamento. Para proporcionar esse serviço, a GoBots personalizou a ferramenta para oferecer aos compradores um tratamento mais humanizado.

Segundo o CEO da GoBots, Victor Hochgreb de Freitas, o enfrentamento atual possibilitou um treinamento diferente ao robô. “É possível aplicar uma método de aprendizagem para que os robôs respondam perguntas específicas da situação em que estamos vivendo, pensando nisso treinamos a tecnologia para tirar dúvida sobre produtos essenciais, validade, prazos de entrega atualizados, entre outros”, afirma.

Para Victor o robô de inteligência artificial além de contribuir com o consumidor, pode ajudar a aumentar as vendas da loja virtual. “O empreendedor precisa estar atento às mudanças do comportamento do consumidor. Nesse caso, as respostas dadas pela tecnologia  conseguem otimizar os processos de atendimento ao cliente colaborando na venda de produtos”.