Mais de 140 mil famílias de estudantes das escolas municipais e de creches da rede parceira terão o acesso à alimentação garantido durante o período de suspensão das aulas, em função da pandemia do coronavírus e em conformidade com as ações para conter a propagação da Covid-19.

A Prefeitura de Belo Horizonte irá ofertar cestas de alimentos para as famílias em substituição à alimentação escolar.

Será disponibilizada uma cesta com 12 itens alimentícios para cada família. Os responsáveis legais pelos estudantes matriculados na rede municipal e na rede parceira, de acordo com cadastro da Secretaria Municipal de Educação, poderão retirar a cesta em um dos supermercados que prestarão esse serviço para a Prefeitura.

“A Prefeitura considera que o acesso que as crianças têm à alimentação é fundamental para o seu desenvolvimento. Temos um desafio que é garantir a segurança alimentar sem prejudicar, de forma expressiva, as orientações das autoridades de saúde em relação ao isolamento e também precisamos evitar deslocamento de grandes distâncias”, explica a secretária municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania, Maíra Colares.

Os supermercados serão definidos pela Prefeitura e informados às famílias, levando em consideração o local da moradia.