COTAÇÃO DE 26/10/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,5720

VENDA: R$5,5730

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,5900

VENDA: R$5,7230

EURO

COMPRA: R$6,4654

VENDA: R$6,4683

OURO NY

U$1.793,01

OURO BM&F (g)

R$321,20 (g)

BOVESPA

-2,11

POUPANÇA

0,3575%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Coronavírus

Com novas doses, Minas vai ampliar vacinação a idosos de 65 a 69 anos

COMPARTILHE

vacinas
Crédito: Tatiane Ricci/ BH Airport

Minas Gerais recebeu, nesta sexta-feira, mais uma leva de 116.600 doses da vacina AstraZeneca e 359.000 da CoronaVac, totalizando 475.600 doses de imunizantes contra a Covid-19. A expectativa, com esta remessa, é ampliar a vacinação para a população de idosos.

“Nesta próxima etapa, serão incluídas pessoas com 65 a 69 anos, ampliando o público vacinado. Serão imunizadas, também, as pessoas que residem em comunidades quilombolas e ribeirinhas. A vacinação do público de 70 a 74 anos também continua, com mais 22% desta faixa etária incluída, e também profissionais de Saúde”, explica a diretora de Vigilância de Agravos Transmissíveis da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais, Janaína Almeida.

Os insumos desembarcaram no Aeroporto Internacional de Confins, às 6h50, e seguiram para a Central Estadual da Rede de Frio da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), onde ficam armazenados em condições ideais de temperatura até serem distribuídos para as 28 Unidades Regionais de Saúde (URS) do Estado. Ainda não foi divulgada a data desse envio.

PUBLICIDADE

Nesta remessa, permanece a orientação do Programa Nacional de Imunização (PNI) de que todas as vacinas sejam utilizadas como dose 1, ampliando ainda mais o quantitativo da população protegida. Assim, a dose 2 da CoronaVac não ficará armazenada na Unidade Regional de Saúde; os municípios receberão toda a carga para aplicação imediata.

 

Públicos prioritários

O Ministério da Saúde elencou entre os grupos prioritários desta décima etapa a população quilombola, os trabalhadores da Saúde, pessoas entre 70 a 74 anos e ampliou o total de idosos, abarcando também os que têm entre 65 e 69 anos.

Os imunizantes da AstraZeneca devem ser suficientes para atender 37% da população quilombola e 7% de pessoas entre 65 a 69 anos. Com a CoronaVac, serão atendidos 22% dos idosos entre 70 e 74 anos, 23% das pessoas de 65 a 69 anos e mais 2% dos trabalhadores da Saúde.

A orientação do Estado é para que as prefeituras sigam as recomendações do PNI e apliquem as doses conforme público-alvo e respectivos quantitativos.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!