COTAÇÃO DE 16 A 18/10/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,4540

VENDA: R$5,4540

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,4700

VENDA: R$5,6130

EURO

COMPRA: R$6,3181

VENDA: R$6,3210

OURO NY

U$1.767,23

OURO BM&F (g)

R$309,68 (g)

BOVESPA

+1,29

POUPANÇA

0,3575%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Economia Economia-destaque

Aeroporto de Ipatinga deve ter obras a partir de março

COMPARTILHE

Ainda não está definido, porém, se será necessária a interdição total dos voos no Aeroporto Regional durante a reforma - Crédito: Guilherme Bergamini

As obras de recuperação definitiva da pista de pouso e decolagens do Aeroporto Regional do Vale do Aço, conhecido como Aeroporto de Ipatinga, devem ter início após o período chuvoso, provavelmente em março do ano que vem.

Fruto de parceria estabelecida entre o governo de Minas e o governo federal, com recursos do Fundo Nacional de Aviação Civil (Fnac), no valor de R$ 12,5 milhões, as intervenções deverão durar cerca de oito meses.

PUBLICIDADE

O governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra) e do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem (DEER-MG), está na fase final de elaboração do edital de licitação, que deverá ser lançado nas próximas semanas.

Nos últimos dias, o secretário da Pasta, Marco Antônio Barcelos, reuniu-se com deputados, prefeitos e empresários da região para discutir o projeto e estabelecer o cronograma das obras.

As informações foram confirmadas pela Seinfra. Já a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) respondeu que é de sua responsabilidade apenas as “questões burocráticas como a liberação de obras, homologação e cadastro do aeroporto”.

De acordo com a deputada Rosângela Reis, que participou do encontro na última semana, ainda não se sabe, porém, se será necessária a interdição total dos voos durante a reforma. “A proposta é que as obras ocorram em fases, dividindo a pista em duas partes, para permitir pelo menos os voos executivos”, informou.

No início deste ano, o terminal chegou a ficar interditado por dois meses, enquanto recebia obras emergenciais para reparar as péssimas condições da pista. Em abril, a Anac liberou as operações após a conclusão do reparo realizado pelo governo de Minas por meio da Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop) e DEER-MG.

Antes, em 15 de fevereiro, a Azul Linhas Aéreas anunciou que iria interromper suas atividades no Aeroporto de Ipatinga devido a problemas na pista. Em 19 de fevereiro, o aeródromo foi interditado pela Anac, que informou não ter como garantir se a estrutura oferecia segurança para receber voos.

Concessão – Outro objetivo do governo de Minas é incluir o aeroporto na próxima rodada de concessões do governo federal. Atualmente, o terminal está sob responsabilidade do Estado, mas é administrado pela empresa Socicam.

A expectativa é de que a sétima rodada de lotes de concessões ocorra entre o final de 2021 e início de 2022. O Executivo mineiro acredita que a medida possa ser uma saída para a atração de novos investimentos para o aeródromo.

Por fim, a Pasta já trabalha no procedimento de licitação para construção de hangares no Aeroporto Regional, demanda antiga dos empresários e de lideranças políticas da região, e lançará, em breve, consulta pública sobre o assunto.

A ideia é coletar contribuições para o modelo ideal para a construção e uso dos hangares e licitar a concessão com o direito de uso dos espaços para empresários, que poderão construir e operar as estruturas por um determinando período de tempo.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!