COTAÇÃO DE 14/05/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,2710

VENDA: R$5,2710

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,2700

VENDA: R$5,4330

EURO

COMPRA: R$6,3961

VENDA: R$6,3990

OURO NY

U$1.843,90

OURO BM&F (g)

R$311,62 (g)

BOVESPA

+0,97

POUPANÇA

0,2019%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Economia

Combustíveis: Minas incentiva o uso do GNV

COMPARTILHE

GNV | Crédito: Alisson J. Silva
GNV | Crédito: Alisson J. Silva

O governador Romeu Zema (Novo) sancionou a Lei 23.762/21 que dá isenção do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), no ano da compra, para os carros movidos a gás natural e fabricados em território mineiro.

Com a nova legislação, conforme destaca o presidente da Companhia de Gás de Minas Gerais (Gasmig), Pedro Magalhães, as expectativas são de que haja um aumento percentual de veículos movidos a gás no Estado.

PUBLICIDADE

De acordo com ele, existe um potencial de aumentar a frota desse tipo de carro em pelo menos 10 mil veículos em 2021. “A isenção do IPVA já é um incentivo bom”, diz ele. “A pessoa pode ter uma economia entre R$ 3 mil a R$ 5 mil, além da economia do dia a dia”, salienta.

Segundo os dados da Gasmig, com R$ 50 um veículo movido à gás natural veicular (GNV) roda 206 quilômetros. Enquanto isso, aqueles movidos a etanol rodam 129 quilômetros e à gasolina, 119 quilômetros.

Além disso, lembra o presidente da Gasmig, existem também todos os ganhos para o meio ambiente quando há mais carros movidos à gás natural, uma vez que há uma menor emissão de poluentes.

Cenário – O mercado de gás natural em Minas Gerais, segundo Magalhães, vinha mostrando bons números ao longo do tempo. A exceção ficou por conta de 2020 devido à pandemia da Covid-19. Nos outros anos, entretanto, de acordo com o presidente da Gasmig, o segmento vinha crescendo cerca de 20% anualmente.

Nesse cenário, afirma Magalhães, existe também toda uma questão cultural. Em locais como no Rio de Janeiro, por exemplo, já existe um grande número de veículos movidos a gás, por ser algo enraizado há um período maior de tempo. Em Minas Gerais, essa cultura ainda está caminhando.

Ainda segundo a Gasmig, além da questão econômica e ambiental, o GNV também oferece mais praticidade, por conta do fornecimento contínuo, e confiança, uma vez que o GNV não pode ser furtado ou adulterado.

Além disso, também há mais segurança, de acordo com a Gasmig, pois a conversão é homologada pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) e versatilidade, dada a possibilidade de transferir o kit GNV para um novo veículo.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

CONTEÚDO RELACIONADO

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!