COTAÇÃO DE 17/05/2022

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$4,9420

VENDA: R$4,9430

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,0400

VENDA: R$5,1520

EURO

COMPRA: R$5,2307

VENDA: R$5,2334

OURO NY

U$1.814,77

OURO BM&F (g)

R$290,29 (g)

BOVESPA

+0,51

POUPANÇA

0,7025%

OFERECIMENTO

Coronavírus Economia exclusivo

Comércio registra queda no faturamento

COMPARTILHE

Crédito: Manoel Evandro/Arquivo Pessoal

Ao todo, 93% das empresas mineiras sofreram queda no faturamento devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19) e os seus reflexos na economia, incluindo as medidas de isolamento social como forma de combate à doença. Os dados foram divulgados pela Federação das Câmaras Dirigentes Lojistas de Minas Gerais (FCDL-MG).

A pesquisa da entidade revela também que 37,6% das empresas têm uma expectativa de queda nas vendas de 31% a 40%. Além disso, 17,9% afirmam um decréscimo de 91% a 100% nas comercializações. Já 12,7% dizem haver um recuo de 21% a 30%, Outros 8,9% dos entrevistados apostam em uma diminuição de 81% a 90%,

PUBLICIDADE




Segundo o estudo, 82% das lojas estão fechadas por causa das medidas restritivas, enquanto outros 18% não estão nessa situação por prestarem serviços essenciais ou por efetuarem vendas virtualmente.

Quando o assunto é o que mais impactou as vendas, 60% destacam que foi o fechamento do comércio. Já 28% ressaltam a alteração no fluxo de pessoas, 9% a dispensa temporária e 3% o escalonamento da equipe.

Conforme frisa o economista da entidade, Vinícius Carlos, além do fechamento obrigatório de determinados estabelecimentos, as pessoas têm tido medo de saírem às ruas para fazer compras, o que impacta bastante o cenário econômico das empresas atualmente.

Preparo – O estudo da entidade também perguntou aos empreendimentos se eles estavam preparados para uma crise dessa magnitude. Embora 63% tenham afirmado que não, 37% disseram que sim.

PUBLICIDADE




De acordo com Vinícius Carlos, os negócios que afirmam que estavam preparados têm algo em comum: acompanhavam as notícias internacionais e a expansão do novo coronavírus (Covid-19) pelo mundo.

“A pandemia não veio de uma vez. Já havia informações lá de fora. É preciso fazer análises não só do ambiente interno, mas também do ambiente externo. Algumas empresas fizeram isso e conseguiram se reestruturar e se reinventar”, destaca.

Uma das formas de adaptação foi a utilização do delivery. Segundo os dados da FCDL-MG, 32% dos empreendimentos o implantaram. O economista da entidade ressalta que empresas maiores, que já contavam com o comércio eletrônico, saíram à frente, mas isso não quer dizer que os pequenos não possam adotar também essa ação, pelo contrário. E foi o que muitos fizeram.

Por falar em reinvenção e novas estratégias, 4% das empresas afirmam, inclusive, que estão tendo crescimento das vendas durante esse período de crise e pandemia. “Elas estão sabendo usar esse cenário adverso como oportunidade. Muitas empresas não se preocupavam com entrega, hoje tem de levar a loja para o consumidor”, salienta Vinícius Carlos.

Acerca de como ficará o mercado no futuro, o economista da FCDL-MG destaca que existe uma demanda reprimida muito grande atualmente. “A gente espera que as vendas voltem maiores. O consumidor quer sair, quer fazer compras”, destaca.

Além disso, os estabelecimentos também não deverão mais ser os mesmos. “Irão aprimorar a sua forma de venda de acordo com o que estamos aprendendo com a pandemia. Não deverão mais apostar as fichas num lugar só, mas, sim, diversificar o negócio, diversificar a maneira de tratar o consumidor, de uma forma mais customizada”, avalia.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!