COTAÇÃO DE 25/05/2022

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$4,8200

VENDA: R$4,8210

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$4,8900

VENDA: R$5,0160

EURO

COMPRA: R$5,1520

VENDA: R$5,1546

OURO NY

U$1.853,68

OURO BM&F (g)

R$287,13 (g)

BOVESPA

-0,98

POUPANÇA

0,6724%

OFERECIMENTO

Economia Economia-destaque

Consultoria ajuda MPEs da região de Brumadinho

COMPARTILHE

Crédito: REUTERS/Adriano Machado

As latas de leite condensado que seriam descartadas após a produção de brigadeiros servem como embalagem para os brownies. Este é um dos diferenciais do Hora do Doce, micronegócio sediado em Juatuba, que faz parte dos 50 empreendimentos associados ao turismo que estão recebendo consultoria do projeto Fortalecimento da Competitividade do Setor Privado de Turismo.

A iniciativa busca fomentar o turismo na região diretamente atingida pelo rompimento da barragem em Brumadinho. “Estamos recebendo muitas informações sobre as melhores técnicas para gerenciar nosso negócio. Mas, principalmente, sugestões simples que passam despercebidas no dia a dia, como separar conta física e jurídica, margem de lucro. Tudo tem sido um aprendizado muito importante”, diz o sócio da empresa, Tiago Henrique.

PUBLICIDADE




O projeto é uma realização do Circuito Turístico Veredas do Paraopeba, organização sem fins lucrativos que tem por objetivo viabilizar a consolidação do turismo de maneira competitiva e sustentável. Inicialmente, a iniciativa contempla projetos em cinco municípios na área atingida: Brumadinho, Igarapé, Juatuba, São Joaquim de Bicas e Mário Campos.

A iniciativa é apoiada pela Vale dentro do esforço em gerar ferramentas para a diversificação econômica da região. O foco de atuação da empresa é assegurar a sustentabilidade social, econômica e ambiental dos territórios afetados, que permitam a diminuição de sua dependência da mineração. Para isso, várias parcerias estão e ainda deverão ser firmadas, com instituições públicas e privadas.

“É necessário reconstruir, reparar e transformar territórios em busca de um legado longevo e positivo nas áreas social e econômica. São ações de curto, médio e longo prazos. O trabalho deve se estender pelos próximos cinco anos e, no caso de alterações mais profundas, o período de duração pode ser ainda maior”, explica gerente executiva da Reparação, Gleuza Jesué.

Assim como o Hora do Doce, outros empreendimentos têm recebido sugestões de melhoria para seu negócio. É o caso do Bistrô Casa do Rei, de São Joaquim de Bicas. “Entendemos como é importante estabelecermos parceria com outras empresas de turismo aqui da região, para que possamos nos apoiar na geração de renda para todos os entes da cadeia de turismo. É impressionante como dicas simples se mostram tão valiosas”, conta Reinaldo Mendes, sócio do pequeno restaurante e chef de cozinha do espaço, que já está colocando em prática os ensinamentos, por meio de um plano de negócio para o pós-pandemia.

PUBLICIDADE




“São negócios empresas, na maioria das vezes, muito pequenas, que carecem de maior profundidade de compreensão sobre como gerenciar seus negócios. O projeto vem para sanar essa carência e criar ferramentas para que o setor se torne um gerador de emprego e renda para a região”, explica o presidente da Associação de Turismo de Brumadinho e Região (ATBR), Leonardo Esteves.

São contemplados com consultorias em negócios de quatro segmentos: meios de hospedagem; alimentação; produção associada ao turismo; e guia de turismo/receptivo turístico.

Não há estudos sobre o tamanho do setor de turismo em Brumadinho e região. Mas, segundo dados da Organização Mundial do Turismo, um em cada 10 empregos no mundo estão direta ou indiretamente vinculados ao setor de turismo. Nesse contexto, o turismo se destaca por possuir baixo custo de investimento por unidade de emprego criado, além de proporcionar uma grande diversidade de postos de trabalhos com diferentes níveis de formação.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!